Wallace Reis rescinde na Turquia após tomar calote e volta ao Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação/Grêmio

    Zagueiro estava no Gaziantepsport, mas não recebeu salários e rescindiu

    Zagueiro estava no Gaziantepsport, mas não recebeu salários e rescindiu

Wallace Reis está de volta ao Grêmio. Cinco meses após fechar com o Gaziantepsport, o zagueiro rescindiu contrato de empréstimo na Turquia. O motivo: falta de pagamento. O clube gaúcho já foi informado e irá reintegrar o jogador ao elenco principal.

Em janeiro, Wallace Reis foi liberado para assinar por 18 meses com o time turco. O contrato dele com o Grêmio vai até 31 de maio de 2019.

O Grêmio topou negócio para receber cerca de 350 mil euros (R$ 1,2 milhão à época) pelo acordo. O Tricolor afirma que recebeu parte do valor. Já Wallace encarou atrasos seguidos e após acumular vencimentos em aberto, rescindiu e comunicou a saída aos dirigentes locais.

Aos 29 anos, Wallace Reis prepara uma ação junto ao TAS (Tribunal Arbitral do Esporte), na Suíça, para cobrar os valores acertados em contrato e que não foram quitados.

De volta ao Grêmio, o zagueiro será incorporado ao grupo comandado por Renato Gaúcho. Atualmente, o elenco conta com cinco zagueiros: Pedro Geromel, Walter Kannemann, Rafael Thyere, Bressan e Bruno Rodrigo.

Bressan chegou a negociar com o Vitória, há cerca de duas semanas, mas a saída não se confirmou. Tanto que o zagueiro ganhou oportunidade contra o Sport, em meio a time reserva do Grêmio, e entrou no intervalo da partida contra o Fluminense, pela Copa do Brasil. As mudanças no time baiano e a então carência de zagueiros na Arena foram os motivos. O retorno de Wallace Reis pode mudar o quadro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos