Ele já abriu valas para esgoto, tinha dois times e interessa a Boca e River

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Gudiño já trabalhou também como pedreiro e eletricista

    Gudiño já trabalhou também como pedreiro e eletricista

Ele está na mira dos principais clubes da Argentina. Defendendo o modesto Atlético Rafaela, tem se destacado pela velocidade e agressividade no ataque, principalmente pelos lados do campo. Aos 25 anos, Gabriel Gudiño é uma revelação argentina e até pouco tempo atrás abria valas para esgoto para sustentar sua família.

Vindo de família humilde, Gudiño sempre apostou em sua carreira como jogador. Aos 18 anos, no entanto, seu primeiro filho nasceu e ele precisou se virar como podia. Não faltaram funções para ele.

"Trabalhei até na empresa que fez o esgoto em Porteña [sua cidade], fazendo valas nas ruas. Quebrávamos também as calçadas para que o encanamento todo fosse instalado", contou o jogador ao "Olé".

Além disso, Gudiño também ajudou o pai em outras atividades. "Comecei como pedreiro, ao lado do meu pai. Depois trabalhei também como eletricista. Aprendi muita coisa".

Nesse período, já passando dos 20 anos, o meia pensou em desistir do futebol, mas não o fez. Antes disso, ele já havia mostrado que disposição não faltaria para fazer sua carreira decolar.

Quando tinha 16 anos, chegou a defender dois times simultaneamente. "Jogava por uma equipe no sábado e por outra no domingo. Durante a semana, chegava a treinar duas vezes à tarde, com um turno em cada time. E de manhã estudava", recordou.

Depois de tanto esforço, inclusive ao seguir no futebol mesmo com os empregos temporários descritos acima, Gudiño finalmente conseguiu um salário fixo no Tiro Federal de Morteros, o que garantiu que ele se dedicasse exclusivamente ao esporte.

Agora, em sua segunda temporada na elite argentina, ele começa a vislumbrar um futuro nos principais clubes do país. Mas com calma. "Quando a vida te faz passar por algumas coisas, você encara tudo de uma forma diferente. Levo tudo com calma. Tranquilidade agora é fundamental".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos