Ele virou casaca, trocou Santa pelo Sport e reencontra o mentor Luxemburgo

Roberto Oliveira

Colaboração para o UOL, em Recife

  • Williams Aguiar/Sport

    Thomás subiu ao profissional com Luxa no Flamengo e agora reencontra o técnico

    Thomás subiu ao profissional com Luxa no Flamengo e agora reencontra o técnico

O jovem e promissor meia Thomás foi apresentado no Sport na quinta-feira (1º) passada após um novela que deu o que falar no Recife. Ele era jogador do Santa Cruz, foi um dos destaques da equipe no primeiro semestre, mas acabou acertando com o arquirrival pernambucano. Como diz o dito popular, virou a casaca.

Após bater o martelo com o Sport, Thomás foi afastado do elenco coral e ficou treinando separado até o fim do contrato, no dia 30 passado. O caso gerou uma indisposição da diretoria do Santa com a direção do Sport, com o vice-presidente tricolor admitindo que o caso havia jogado a relação dos clubes "na lata do lixo". No Arruda, chegou-se a cogitar até mesmo medidas judiciais contra o Leão da Ilha, mas os ânimos acabaram se acalmando.

"Sou grato ao Santa Cruz, enquanto estive lá dei o meu melhor. Sei separar bem as coisas, então desde o momento que houve o interesse do Sport, não tive problema com isso. Em nenhum momento fiquei desfocado ou deixei de dar meu melhor lá, mas o Santa é passado e hoje estou no Sport", disse Thomás na apresentação.

Coincidentemente, um dia antes do fim do contrato de Thomás com o Santa, Vanderlei Luxemburgo desembarcou no Recife e foi apresentado como novo técnico do Sport. O curioso é que foi Luxa quem lançou o meia para o futebol, em 2011, quando comandava o Flamengo.

"Thomás é um jogador que eu lancei. Como todo jovem tem altos e baixos, mas tem muita qualidade. É um excelente jogador, só depende dele", analisou Vanderlei logo em sua apresentação como técnico do Leão. Thomás também falou sobre a relação com o mentor. "Fiquei na torcida para que ele viesse, pois é um treinador consagrado, de renome internacional, seleção, Real Madrid", disse o garoto.

"Certeza que ele vai armar o time bem como gosta, e, particularmente, fiquei feliz com a comissão técnica, com quem eu cresci junto no Flamengo. Tenho certeza que ele vai saber usar o meu melhor e, se Deus quiser, vamos ter uma parceria de sucesso", acrescentou.

Aos 24 anos, e com passagem pela seleção brasileira sub-20, Thomás teve idas e vindas no período em que esteve ligado ao Flamengo. Passou pelo Siena, da Itália, e também pela Ponte Preta. No ano passado, atuou pelo Joinville, antes de chegar no início de 2017 no Santa Cruz. Agora, troca o Arruda pela Ilha do Retiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos