Willians esquece polêmica no Corinthians: "hoje visto verde com orgulho"

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

Contratado pelo Corinthians no início de 2016, Willians deixou o clube no fim do mesmo ano após um episódio que envolveu uma discussão com um torcedor na porta do CT Joaquim Grava, logo depois de um treinamento. Cobrado pelo 'futebol fraco', o volante ainda foi questionado por usar uma bermuda verde (veja vídeo acima), cor esta referente ao arquirrival Palmeiras. Hoje no Goiás, Willians prefere deixar a polêmica no passado e diz vestir a cor verde com 'orgulho'.

Na época, o diretor de futebol Flávio Adauto disse que o bate-boca pesou apenas 10% para a saída de Willians, que já estava com dias contados no Corinthians.

Divulgação/Goiás E.C.
"Eu desci do carro para conversar com o torcedor, que questionou a cor da bermuda. Mas prefiro nem tocar nesse assunto. É algo que está no passado. Hoje visto verde e tenho orgulho de vestir. Como tive de vestir rubro-negro pelo Flamengo, colorado pelo Inter, azul pelo Cruzeiro e preto e branco pelo Corinthians. Todas as cores que vesti, tenho muito orgulho. E na minha folga, fora do meu local de trabalho, tenho liberdade para usar o que eu gosto. Como qualquer profissional em sua profissão tem também", disse o volante em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Apesar da saída conturbada, Willians chegou a engatar uma sequência de partidas no Corinthians: foram 27 jogos com a camisa alvinegra, sendo 12 como titular. E é com esta parte de sua passagem pelo clube alvinegro que ele quer ficar na memória.

"Tive bons momentos no Corinthians também, mas muitos só lembram do que não deu certo. Cheguei a ter uma sequência como titular e com bons jogos. Prefiro me apegar a isso. O que não deu certo, serve de aprendizado e com certeza serviu para eu amadurecer. Em todos os outros clubes pelos quais passei eu joguei e fui titular. Tenho certeza que aqui no Goiás vou voltar a atuar em bom nível e coisas boas vão acontecer em 2017", acrescentou.

Willians estreou no Goiás no último dia 16 de maio, jogando como titular, contra o Paraná. Depois, voltou a iniciar a partida diante do América-MG entre os 11, e contra o Brasil de Pelotas, pela quarta rodada, acabou substituído no intervalo. A expectativa é que ele volte a ser titular do time esmeraldino no jogo de terça-feira (6), contra o Santa Cruz, no Serra Dourada.

"O pessoal me recebeu muito bem aqui. Um grupo bom, que foi campeão estadual, e tem totais condições de buscar esse acesso à Série A. Fiquei seis meses sem jogar, mas mantendo a forma física. Mas depois de alguns jogos já consegui o ritmo de jogo e hoje me sinto 100% e totalmente pronto para ajudar", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos