Jô admite surpresa com rápida adaptação e entende desconfiança inicial

Do UOL, em São Paulo

Jô escreveu mais um capítulo importante do seu retorno ao Corinthians ao marcar um gol e dar uma assistência na vitória por 2 a 0 sobre o Santos no último sábado. Em alta, o atacante disse nesta segunda-feira que não esperava resultados individuais tão rápidos.

"Talvez eu não esperava que as coisas fossem tão rápido. Eu achei que demoraria quatro ou cinco meses para chegar no nível que estou. As coisas estão acontecendo. Aos olhos do ser humano, quem diria que isso aconteceria? Tenho de trabalhar, os números são ótimos, mas se a coisa deixar de acontecer serei criticado novamente. É seguir trabalhando", afirmou Jô.

O camisa 7 ainda disse que entende a desconfiança geral quando o Corinthians anunciou sua contratação. "Faço meu trabalho e meus gols. É natural terem duvidado pelo tempo que fiquei sem jogar. Respeito, muitos já mudaram de opinião. Quero seguir retribuindo com gols". frisou.

Com dez gols na temporada 2017 - seis deles em clássicos -, Jô admitiu que ainda pensa sem retornar à seleção brasileira - o atacante não foi mais convocado depois de fazer parte do elenco do Brasil na Copa do Mundo 2014.

"A gente fica feliz pelos companheiros serem convocados pelo Tite, isso aumenta nossas esperanças. Eu e muitos aqui no Corinthians temos esse sonho de vestir pela primeira vez ou voltar. Sinto que está próximo, é continuar esperando e trabalhando. A oportunidade vai aparecer, tenho de estar preparado", ressaltou o jogador de 30 anos.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos