Opinião: Qual time da Libertadores pode fazer frente ao Real no Mundial?

Do UOL, em Santos (SP)

  • Darren Staples/Reuters

    Real Madrid de Cristiano Ronaldo atropelou a Juventus na final da Liga dos Campeões

    Real Madrid de Cristiano Ronaldo atropelou a Juventus na final da Liga dos Campeões

Deixando de lado uma eventual zebra, o campeão da Libertadores de 2017 enfrentará o Real Madrid, campeão da Liga dos Campeões no último sábado (3), na decisão do Mundial deste ano, que acontece em dezembro. O torneio sul-americano ainda está apenas nas oitavas de final... Mas algum dos times que seguem vivos na competição tem condições de fazer frente ao gigante Real Madrid? Veja as opiniões dos blogueiros do UOL Esporte:

ALEXANDRE PRAEZTEL

Acho que não existem concorrentes para o Real Madrid na América do Sul. Tecnicamente, vejo River Plate-ARG, Grêmio e Santos como os melhores times da Libertadores, atuando completos. Nenhum deles pode fazer frente ao Real Madrid. A diferença técnica é gigantesca. Claro que, num jogo só, você pode surpreender, mas isso é futurologia. Se o Real Madrid levar a sério, não perde para ninguém. Qualquer reserva em Madrid seria titular absoluto em equipes sul-americanas. O modelo de futebol também é amplamente superior. Tenho saudades DE quando podíamos fazer frente aos europeus. Hoje, a realidade econômica não nos permite pensar em títulos mundiais. Só por obras do acaso ou num dia ruim dos europeus.

ANDRÉ ROCHA

Em jogo único, qualquer um que vença a Libertadores e, a partir deste ano, chega para o Mundial pouco tempo depois com desempenho e motivação lá em cima. É cedo para apontar um time, até porque o de melhor campanha na fase de grupos, o Atlético-MG, anda oscilando. Mas o favoritismo do Real Madrid é e será absoluto, agora e em dezembro. É melhor o campeão da Libertadores focar primeiro em passar da semifinal, o que vem sendo cada vez mais complicado.

JUCA KFOURI

Nenhum! O futebol sul-americano regrediu muito com a globalização e não faz mais frente ao europeu, a não ser em jogos isolados. Basta ver em que condições os times brasileiros ganharam os três títulos mundiais da Fifa neste século, com a consagração dos goleiros Rogério Ceni, Clemer e Cássio. O Santos seria o adversário ideal para enfrentar o Real Madrid, para termos o jogo que faltou nos finais dos anos 1950 e nos anos 1960. Mas agora o Real Madrid só tem páreo na Europa: no Barcelona, no Bayern Munique e, talvez, no Chelsea.

JULIO GOMES

Nenhum time da Libertadores se aproxima da qualidade do Real Madrid. Existe um abismo. Isso não quer dizer, porém, que ninguém possa ganhar do Real. O jogo ocorre só no fim do ano e futebol é futebol, em 90 minutos qualquer time pode ganhar. O Real perdeu para o Valencia nesta temporada - e o Valencia é pior do que vários times da Libertadores.

MARCEL RIZZO

Nenhum. Qualquer time dessa Libertadores se bater o Real em dezembro no Mundial será uma zebraça. Entre os brasileiros, o Grêmio hoje é o de futebol mais eficiente. Mesmo assim precisaria de uma noite inspirada para levantar o troféu.

MAURO BETING

Hoje, na Libertadores, nenhuma equipe pode fazer frente ao Real Madrid como, pelo visto, nenhuma equipe fez frente ao Real na Europa. Então hoje não há nenhuma equipe com possibilidade de fazer frente ao Real Madrid e, possivelmente, não faria frente também à Juventus. Não é nenhum demérito sul-americano, é o que a gente viu nos últimos anos. Há a exceção do Corinthians também porque era aquele Chelsea que não era tão forte à época como era o Barcelona, o Bayern de Munique, o Real Madrid... Aquela foi uma grande surpresa por tudo aquilo que o Chelsea não vinha fazendo, mas um pouco antes, e nos últimos anos, é aquilo que a gente viu: o atropelo do Barça contra o Santos e outros jogos com os clubes europeus passaram nas finais pelos sul-americanos, quando chegaram os sul-americanos, como se fossem equipes da Concacaf, da África, da Ásia, e não é nenhum demérito. Eu veria hoje, e ainda acho o Palmeiras – não pelo que está jogando – com potencial de ir mais longe na Libertadores, o Grêmio também está crescendo, o Galo eventualmente, mas hoje não tem ninguém para fazer frente ao Real Madrid.

MENON

Nenhum time da Libertadores faz frente ao Real. Uma seleção dos times da Libertadores não faz frente ao Real. A não ser que tenha reforços como Neymar, Suárez, Messi e Alexis Sánchez.

PVC

Nenhum time da Libertadores pode fazer frente ao Real Madrid, a  não ser que o Real Madrid entre em parafuso no segundo semestre. Foi o que aconteceu com o Chelsea, em 2012. Em condições normais, o Real Madrid será campeão mundial em dezembro.

RICARDO PERRONE

Nenhum time que disputa a Libertadores hoje é capaz de jogar em pé de igualdade com o Real em minha opinião. Perder por no máximo três gols de diferença seria o melhor que os melhores conseguiriam. A vantagem técnica do time espanhol sobre os sul-americanos é absurda.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos