Santos quer esvaziar departamento médico em busca de "reforços caseiros"

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Santos FC

    Lucas Lima é um dos atletas no DM. Meia só deve voltar no clássico contra o Palmeiras

    Lucas Lima é um dos atletas no DM. Meia só deve voltar no clássico contra o Palmeiras

Sem dinheiro para gastar no mercado do futebol, o Santos busca os reforços dentro do clube. Na visão de dirigentes e integrantes da comissão técnica, a maioria se encontra no departamento médico. Somando os atletas que estão em transição para os exercícios físicos no gramado, hoje o time possui cinco atletas indisponíveis.

Os zagueiros Gustavo Henrique e Luiz Felipe, que se recuperam de cirurgias ligamentares no joelho; o meia Lucas Lima, com lesão no músculo posterior da coxa direita; o lateral Zeca, com dor anterolateral na perna esquerda; e Leandro Donizete, que continua fora se recuperando de inflamação no joelho direito, são os desfalques. 

O problema de atletas no departamento médico preocupa. Zeca, por exemplo, já havia desfalcado o time por seis partidas devido artroscopia para tratamento do menisco lateral do joelho esquerdo. Ele entrou no time contra o Coritiba, no dia 20 de maio, mas voltou ao DM após se lesionar contra o Cruzeiro, oito dias depois.

Antes do quinteto lesionado, passaram também pelo departamento médico o goleiro Vanderlei, o volante Renato, o lateral Victor Ferraz e o atacante Ricardo Oliveira.

O Santos espera contar com Zeca para o duelo contra o Botafogo, nesta quarta-feira, no Pacaembu. Já Lucas Lima tem chances de retornar somente no clássico contra o Palmeiras, no próximo dia 14, em jogo válido pela sétima rodada do Brasileiro.

A dupla de zaga titular de 2016, formada por Luiz Felipe e Gustavo Henrique, só deve voltar aos gramados entre julho e agosto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos