Técnico da Juve pede salário milionário e três atletas de peso para seguir

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Carl Recine

Massimiliano Allegri já disse que permanecerá na Juventus para a próxima temporada, mas colocou uma série de exigências para sua continuidade. De acordo com o jornal "Gazzetta dello Sport", o treinador pediu uma reunião com a diretoria para fazer dois pedidos: salário maior e reforços de peso.

O treinador tem um salário anual de 5,5 milhões de euros (R$ 19,8 milhões), mas quer que esse valor suba para 8 milhões (R$ 29 milhões). O montante é menor do que o PSG estaria oferecendo para contratar Allegri. Segundo a publicação, o clube francês está disposto a oferecer um salário de 10 milhões de euros (R$ 36 milhões).

O dinheiro, porém, não é a única exigência de Allegri. Derrotado em duas finais de Liga dos Campeões, o treinador italiano quer dois ou três reforços de peso para que a Juventus consiga brigar com as principais equipes europeias.

Entre os principais nomes especulados estão o argentino Ángel Di María (PSG) e Nemanja Matic (Chelsea). Além deles, outros jogadores aparecem na lista de interessados, como os brasileiros Fabinho (Monaco) e Douglas Costa (Bayern de Munique).

Apesar da derrota na final da Liga dos Campeões, a Juventus teve uma temporada vencedora. A equipe de Allegri conquistou os títulos do Campeonato Italiano e da Copa Itália.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos