Após agredir jornalista, Turan anuncia que não joga mais pela Turquia

Do UOL, em São Paulo

  • David Ramos/Getty Images

No dia em que foi divulgado que havia agredido um jornalista em um voo com a seleção turca, o meia Arda Turan anunciou que não jogará mais com a camisa da Turquia. O anúncio foi feito em entrevista coletiva nesta terça-feira.

"Estou deixando a seleção, não vou jogar mais com a Turquia. É triste, mas não me arrependo (da briga)", disse Turan.

Durante o voo da seleção turca, Turan foi tirar satisfações com o jornalista Bilal Mese Mese por causa de uma matéria que dizia que o meia e outros jogadores da seleção haviam pedido mais dinheiro em 2016 e criado um racha na equipe.

Alguns jogadores precisaram segurar Turan para que ele parasse de bater no jornalista.

De acordo com a emissora "CNNTürk", Turan foi expulso da concentração da Turquia pelo técnico Fatih Terim. A confusão teria acontecido depois do empate em 0 a 0 com a Macedônia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos