Rodriguinho diz estar na seleção por méritos e quer pôr dúvida em Tite

Do UOL, em São Paulo

"Se não fosse o Tite, você acha que acredita que estaria aqui?". Em sua primeira entrevista pela seleção brasileira, o meia Rodriguinho foi mais de uma vez questionado sobre sua relação com Tite. Nesta terça-feira (6), o jogador lembrou que Tite o treinou no Corinthians e reiterou que a convocação veio por méritos.

"É uma pergunta difícil (se estaria na seleção sem Tite), mas como ele é o treinador que tem o maior respaldo do Brasil hoje, está fazendo um excelente trabalho e sempre falou de merecimento, acho que estou aqui por méritos", afirmou Rodriguinho. "Ele que me levou para o Corinthians, sabe muito bem meu trabalho e o momento que estou vivendo. Por merecimento ele me convocou e espero contribuir da melhor maneira possível para permanecer aqui".

Sobre a oportunidade de estar na seleção, Rodriguinho disse esperar colocar uma dúvida na cabeça do treinador, de olho em uma vaga na Copa do Mundo.

"O Tite tem um grupo quase todo definido, mas ter essa oportunidade de estar aqui e deixar uma dúvida para ele, de se eu tenho merecimento e condição de estar na Copa", continuou.

Em Melbourne, na Austrália, a seleção brasileira enfrentará a Argentina, no dia 9, e a Austrália, no dia 13.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos