Santos entra na briga por Geuvânio com Flamengo e tenta empréstimo gratuito

Samir Carvalho*

Do UOL, em Santos (SP)

  • Danilo Verpa/Folhapress

    Santos busca empréstimo gratuito de 18 meses e quer "rachar" salário com clube chines

    Santos busca empréstimo gratuito de 18 meses e quer "rachar" salário com clube chines

O Santos negocia a contratação do atacante Geuvânio, que deixou o clube após o fim da temporada 2015 para atuar no Tianjin Quanjian, da China. O UOL Esporte apurou que a diretoria santista tenta um acordo salarial com o atleta e busca um empréstimo gratuito com o clube chinês.

O problema é que o Geuvânio tem negociações avançadas com o Flamengo. O clube paulista, inclusive, entrou na briga pelo jogador após ser comunicado pelos chineses que o clube carioca está próximo de contratá-lo.

Geuvânio recebe pouco mais de R$ 1 milhão de salário mensal na China, mas a diretoria santista descobriu que os chineses estão dispostos a pagar a maior parte do ordenado do atleta para o time que o contratar por empréstimo.

O presidente Modesto Roma tenta fechar a contratação do jogador nos mesmos moldes que o Flamengo negocia: empréstimo de 18 meses, gratuito. Basta saber se os chineses aceitarão liberar o jogador sem custos.

O Santos acredita que pode vencer a concorrência com o Flamengo por dois motivos: uma cláusula de exclusividade, assinada no contrato de transferência do jogador para o Tianjin Quanjian, e a preferência de Geuvânio, revelado nas categorias de base do clube paulista.

O Flamengo, por sua vez, considera que a cláusula santista por Geuvânio é simbólica e, por isso, leva vantagem na concorrência. Além disso, os cariocas alegam que já chegaram a um acordo salarial com o jogador e, inclusive, alinhavaram o empréstimo gratuito com o clube chinês.

O Santos ainda não recebeu a posição dos chineses sobre o empréstimo sem custos e ainda negocia os salários com o atleta. Recentemente, a diretoria santista tentou negociar o zagueiro Cleber com o São Paulo, sem sucesso, para aliviar a folha de pagamento. A ideia era utilizar parte desta verba para contratar Geuvânio.

*Colaborou Vinicius Castro, do Rio de Janeiro

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos