United volta a liderar lista de clubes mais valiosos da Forbes após 5 anos

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / Odd ANDERSEN

O Manchester United voltou a liderar a lista da "Forbes" como o clube mais valioso do planeta. Uma semana após a empresa KPMG apontar o clube inglês como o mais rico do mundo, o time treinado por José Mourinho figura no topo de mais uma lista, divulgada nesta terça-feira (6).

Após cinco anos, o United retomou a ponta por gerar US$ 765 milhões (R$ 2,5 bilhões) durante a temporada de 2015-16, US$ 77 milhões a mais que Barcelona e Real Madrid. Com lucro operacional de US$ 288 milhões (R$ 944 milhões), vantagem de US$ 107 milhões (R$ 352 milhões) sobre o Real Madrid. O time inglês está avaliado em US$ 3,68 bilhões (R$ 12,1 bilhões), um crescimento de 11% em relação à temporada anterior.

Um fator crucial para o posicionamento do United foi a renda obtida a partir de patrocínios e anúncios, que totalizou US$ 405 milhões (R$ 1,3 bilhão).

O United não foi o único clube que cresceu em valor no período. De acordo com o levantamento da "Forbes", os 20 clubes mais valiosos são cotados em média US$ 1,48 bilhão (R$ 4,8 bilhões), 3% a mais do que no ano anterior. Os números do levantamento são referentes à temporada de 2015-16, não àquela que se encerrou no último fim de semana, com a vitória do Real Madrid sobre a Juventus na final da Liga dos Campeões.

Confira o Top 5 de clubes mais valiosos segundo a "Forbes"

Manchester United – US$ 3,68 bilhões (R$ 12,1 bilhões)
Barcelona – US$ 3,63 bilhões (R$ 11,9 bilhões)
Real Madrid – US$ 3,5 bilhões (R$ 11,5 bilhões)
Bayern de Munique – US$ 2,7 bilhões (R$ 8,9 bilhões)
Manchester City – US$ 2 bilhões (6,5 bilhões)

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos