Diego Costa diz: "Conte comunicou que não sigo no Chelsea"

Do UOL, em São Paulo

  • Matt Dunham/AP Photo

O brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa afirmou nesta quarta-feira (7) que foi informado pelo técnico Antonio Conte que não seguirá no Chelsea na próxima temporada. O atacante revelou esta informação na zona mista após o empate por 2 a 2 entre Espanha e Colômbia amistoso em Murcia.

"Antonio Conte me comunicou por mensagem que não sigo no Chelsea e é isso. Minha relação com o treinador foi ruim nesta temporada. Suponho que fiz uma má temporada para não continuar", afirmou o jogador, de acordo com o jornal "Marca".

"É uma vergonha. Já reenviei a mensagem às pessoas do Chelsea para que decidam, mas está claro que o treinador não conta comigo e não me quer ali", completou.

Diego Costa não entrou em campo no amistoso da Espanha e viu Alvaro Morata, um de seus concorrentes por posição no ataque, marcar o segundo gol dos espanhóis.

Aos 28 anos, Diego Costa vem de uma temporada com 22 gols marcados em 42 jogos. No entanto, o ano foi turbulento apesar do sucesso do Chelsea, campeão do Inglês. O atacante teve seu nome vinculado a transferências milionárias ao futebol chinês, além de ter tido problemas pessoais com Conte.

Um destino óbvio para o atacante seria o Atlético de Madri, onde ele brilhou antes de ser contratado pelo clube londrino. No entanto, como o time espanhol está proibido de contratar por mais cinco meses, Diego Costa desconversou a possibilidade.

"Ficar cinco meses sem jogar? Não sei, é complicado, mas as pessoas sabem que gosto muito do Atlético e que adoro morar em Madri. Seria bonito voltar, mas é difícil ficar quatro, cinco meses sem jogar. É ano de Copa do Mundo e há muitas coisas para pensar. Preciso jogar, só isso", analisou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos