Insatisfeito com reserva, Nenê recebe propostas e fica com pé fora do Vasco

Bernardo Gentile e Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

    Nenê tem proposta do Vitória e sondagens de Grêmio e clubes de fora

    Nenê tem proposta do Vitória e sondagens de Grêmio e clubes de fora

A bonita história de Nenê com o Vasco está perto do fim. Insatisfeito com a reserva na equipe, ele tem recebido propostas e sondagens de clubes do Brasil e do exterior e já possui o sinal verde da diretoria cruzmaltina para encaminhar outro destino na temporada.

Por aqui, quem fez a oferta foi o Vitória, e com números próximos do que o meia de 35 anos recebe em São Januário. O Rubro-negro baiano acena com cerca de R$ 300 mil mensais. Em caso de negociação por empréstimo, o Vasco complementaria apenas com uma parcela menor, de cerca de R$ 100 mil. Outro que sondou Nenê foi o Grêmio.

O Botafogo também tem interesse no atleta, mas o alto salário pode impedir a negociação. Além disso, o Alvinegro tem ótima relação com o Vasco e só iniciaria uma conversa com o estafe do atleta caso o presidente Eurico Miranda desse o aval. 

Ciente de que ainda tem mercado fora do país, onde ficou por 11 anos entre França, Espanha, Inglaterra e Qatar, o jogador, por meio de seu empresário, também mantém conversas. Caso as tratativas nacionais fracassem, a volta ao futebol do exterior deve ser o caminho natural na reabertura da janela.

De titular absoluto desde que chegou ao Vasco, em 2015, Nenê passou a conviver com a novidade de ser reserva no clube com a chegada do técnico Milton Mendes, que o barrou há três rodadas e não o recolocou mais. No primeiro jogo, contra o Bahia, sequer entrou em campo. Já no clássico com o Fluminense, foi utilizado no segundo tempo e se transformou no herói da vitória, ao fazer o gol que garantiu os três pontos aos 47 minutos. No domingo (4), diante do Grêmio, foi o último a entrar e não conseguiu ajudar o time na derrota por 2 a 0.

Paulo Fernades / Flickr do Vasco

Há duas semanas, o gerente de futebol vascaíno, Anderson Barros, foi questionado sobre um possível interesse do São Paulo no jogador, e o dirigente deixou claro que uma saída fica nas mãos do atleta.

"O Nenê chama atenção. Tem relevância técnica, profissional. Ele não chama atenção só do São Paulo, mas de outros clubes. O Vasco conta com ele. Qualquer coisa contrária seria uma decisão que partiria dele", disse.

A insatisfação de Nenê no Vasco, porém, se dá única e exclusivamente com a condição de reserva. O jogador possui uma boa relação com a diretoria, principalmente o presidente Eurico Miranda, e nutre carinho e gratidão pela torcida, algo que tem pesado em suas decisões e escolhas.

"A torcida não perde o carinho com facilidade. A única coisa que ele [Nenê] tem de entender, e já entendeu, é que tem de estar dentro do que o treinador planeja, cumprir tudo o que o treinador quer. Claro que não é um jogador descartado. A torcida tem de torcer para os jogadores que nós temos. Só não deve apoiar quando não vê disposição. Aí sim", declarou Eurico Miranda em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Rodrigo prevê uma transferência de Nenê

Após ter seu contrato rescindido com o Vasco, o zagueiro Rodrigo, hoje na Ponte Preta e que por três anos defendeu o Cruzmaltino – na maioria das vezes como capitão, previu que a saída de Nenê era um caminho natural. A declaração foi dada à TV Globo em sua primeira entrevista após deixar o clube, no mês passado.

"Antes da minha saída conversei com o Nenê [e falei]: 'vai acontecer algo comigo ou com você'. Aconteceu comigo primeiro. Não estou surpreso com o que está acontecendo com ele agora", declarou o zagueiro, para depois opinar: "Não tenho dúvidas de que se encaminha para acontecer com o Nenê o o que aconteceu comigo".

Nenê segue na reserva

O Vasco recebe o Corinthians nesta quarta-feira, às 21h45, em São Januário, e Nenê novamente ficará no banco de reservas. O técnico Milton Mendes tem optado por um meio de campo mais leve, formado por jovens e os escolhidos para conduzir o time a frente têm sido Mateus Pet, Kelvin e Yago Pikachu. O treinador terá o retorno de Luís Fabiano, que foi poupado diante do Grêmio.

VASCO X CORINTHIANS
Local:
São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Auxiliares: Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT)

Vasco
Martín Silva, Gilberto, Breno, Paulão e Henrique; Jean, Douglas, Mateus Pet, Yago Pikachu e Kelvin; Luis Fabiano
Técnico: Milton Mendes

Corinthians
Cássio, Paulo Roberto, Pedro Henrique, Pablo e Arana; Gabriel e Maycon; Marquinhos Gabriel, Jadson e Clayson; Jô
Técnico: Fábio Carille

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos