Liverpool se desculpa por assediar zagueiro e diz não ter mais interesse

Do UOL, em São Paulo

  • Glyn Kirk/AFP

    Liverpool queria Virgil van Dijk, mas reconheceu que negociação não envolveu o Southampton

    Liverpool queria Virgil van Dijk, mas reconheceu que negociação não envolveu o Southampton

O Liverpool comunicou nesta quarta-feira que não tem mais interesse na contratação do zagueiro Virgil van Dijk. O anúncio oficial aconteceu um dia após o Southampton acusar o Liverpool de assediar o atleta.

O Southampton acionou a Federação Inglesa alegando que o Liverpool estava tentando convencer o atleta a trocar de clube sem acionar os donos dos direitos econômicos.

O caso repercutiu negativamente para o Liverpool, que assumiu o erro e pediu desculpas pelo ocorrido.

"Pedimos desculpas aos donos, ao Conselho de administração e aos torcedores do Southampton por qualquer mal entendido em relação ao Virgil van Dijk. Nós respeitamos a posição do Southampton e podemos confirmar que não temos mais interesse no jogador", diz o comunicado.

O Liverpool pretendia pagar 60 milhões de libras (R$ 254 milhões) para ter o zagueiro, apesar da resistência dos atuais detentores dos direitos federativos do atleta.

Alvo do Liverpool, o jogador de 25 anos é disputado pelo Manchester City e Chelsea.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos