"Não adianta achar que é um bicho", diz Weverton sobre enfrentar Messi

Do UOL, em São Paulo

A chance de ser titular da seleção brasileira caiu no colo de Weverton bem quando do outro lado estará Lionel Messi. Mas o goleiro do Atlético-PR não quer enfrentar a situação com temor. Em entrevista nesta quarta-feira durante a preparação para o amistoso contra a Argentina, Weverton disse que está pronto para o desafio.

"(Todo mundo) sabe da qualidade dele, não pode ser uma preocupação. Eles têm que se preocupar também com grandes jogadores que nós temos. Vai ser um grande jogo. Não adianta achar que é um bicho. É um grande jogador, são grandes jogadores que vamos enfrentar as dificuldades naturais que vamos ter e vamos enfrentar da melhor maneira possível", disse.

Weverton ganhou espaço na seleção brasileira desde a Olimpíada do Rio de Janeiro, quando foi chamado de última hora com a lesão de Fernando Prass. Porém, no time principal, Alisson tem sido o goleiro preferido de Tite para os jogos das Eliminatórias.

"É uma grande alegria, somos privilegiados de jogar contra um grande time como Argentina. Vamos tentar aproveitar e fazer o melhor. Estamos muito bem preparados e temos tudo para fazer um grande jogo. O que vale são os 90 minutos. Será um grande adversário e espero estar numa noite muito feliz", disseo goleiro, que lembrou a própria história de Prass para dizer que ainda não se sente na Copa.

"A gente até lembra o que aconteceu com o Prass nas Olimpíadas. Cheguei aos 48 minutos praticamente, não esperava estar lá e estive. Então não adiante achar que eu estou agora e, de repente, não estarei no futuro. Tenho que aproveitar cada oportunidade que o Tite tem me dado e fazer um grande trabalho. Não dá para cravar o que vai acontecer daqui a um ano, porque é muito tempo", concluiu.

Sobre as dificuldades que o time enfrentará contra a Argentina, Weverton disse que, apesar do melhor momento, o Brasil não pode ser considerado favorito. Ele ainda destacou que será a estreia de Jorge Sampaoli no comando da equipe.

"Em clássico não tem quem estar num momento bom ou ruim. Cada clássico é uma história diferente e a gente respeita a Argentina. Tem uma equipe de grandes jogadores, uma troca de técnicos que dá esperança. Vai ser uma grande disputa e esperamos que a recuperação da argentina venha depois e não nessa partida", disse.

UOL transmite partida

O UOL transmitirá ao vivo, em vídeo, os amistosos da seleção brasileira contra a Argentina e Austrália, respectivamente nos dias 9 e 13 de junho, em Melbourne (Austrália). As duas partidas poderão ser acompanhadas na web e na versão mobile do portal a partir das 7h (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos