Tite diz que Sampaoli foi muito corajoso em assumir Argentina em risco

Vitor Pajaro

De Melbourne, em colaboração para o UOL

  • Mal Fairclough/AFP

O técnico Tite disse, em entrevista nesta quinta-feira em Melbourne, que o técnico Jorge Sampaoli foi corajoso ao assumir o comando da Argentina com apenas quatro jogos para o final das Eliminatórias Sul-Americanas.

O treinador que estava no Sevilla estreará no cargo em amistoso contra o Brasil, às 7h05 (de Brasília) desta sexta-feira, e tem como missão levar o país para a Copa do Mundo. Atualmente, a Argentina ocupa a quinta colocação e teria que disputar as Eliminatórias.
 
"Ele foi muito corajoso, é um momento difícil. Ele tem a dificuldade de serem 4 jogos, eu tinha 12 (pela frente). Acredito que Argentina vai passar pela qualidade que tem, os profissionais que tem", afirmou o técnico da seleção brasileira.

Segundo Tite, a Argentina se classificaria para a Copa do Mundo mesmo se Edgardo Bauza continuasse no cargo. Para ele, há similaridades com o seu caso, já que assumiu a seleção brasileira também com a missão de levá-la para a Copa.

"Seria (classificada) com Bauza, será com Sampaoli. Não estou sendo simpático, é o que sinto. Mas tem grau de semelhança, dificuldade, com margem de erro pequena. Ele ganha com dois amistosos (antes de jogar as Eliminatórias), eu não tive nenhum", ponderou o técnico, que estreou diretamente em um jogo de Eliminatórias e acumula nove vitórias seguidas.

Sobre a dificuldade do duelo desta sexta-feira, Tite relembrou a rivalidade e o respeito mútuo entre as seleções. O técnico ainda disse que confia na qualidade do grupo para suprir as ausências de jogadores como Neymar, Daniel Alves e Marcelo, todos poupados.

"Não é pela grandeza, o clássico. A gente só rivaliza com quem admira. Nunca vi dois rivais que não reconhecem poderio de cada equipe, eles sabem da dimensão do Brasil e nós da Argentina", disse.

"Quando tem senso de equipe é característica marcante, tem que saber jogar com Neymar, Dani Alves e Marcelo, e também sem eles. É uma forma de valorizar e deixar todos os atletas competirem em alto nível. Eleva qualidade técnica da equipe. Procuro muito isso, uso respostas para fomentar entre eles essa competição leal. Não adianta mentirem e dizer que não estão competindo. Titularidade? Sim. Convocação? Sim. Façam com lealdade, mas façam", completou.

Reconhecimento de campo

Nesta quinta-feira, a seleção encerrou a sua preparação para o duelo com o reconhecimento no Melbourne Cricket Garden. Nos 20 minutos de atividade aberta, Tite manteve o time que treinou nos dias anteriores.

Assim, o Brasil deve entrar em campo com: Weverton;  Fágner, Thiago Silva, Gil e Filipe Luis; Fernandinho, Paulinho, Renato Augusto; Philippe Coutinho, Willian e Gabriel Jesus.

UOL transmite os amistosos

O UOL transmitirá ao vivo, em vídeo, os amistosos da seleção brasileira contra Argentina e Austrália, respectivamente nos dias 9 e 13 de junho, em Melbourne (Austrália), com oferecimento de Jeep. As duas partidas poderão ser acompanhadas na web e na versão mobile do portal a partir das 7h (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos