Torcedores se incomodam com ausência de Neymar e tentam devolver ingresso

Vitor Pajaro

De Melbourne, em colaboração para o UOL

  • VANDERLEI ALMEIDA/AFP

A ausência de Neymar na lista de convocados para os amistosos da seleção brasileira diante da Argentina e da Austrália decepcionou alguns torcedores que adquiriram ingressos para as partidas que serão disputadas em Melbourne, na Austrália. Muitos deles desistiram do jogo e colocaram os ingressos à venda na internet. Tem até quem queira ser ressarcido com o dinheiro investido. 

Neymar, assim como Alisson, Daniel Alves, Miranda, Marquinhos, Marcelo e Casemiro, ficaram de fora da lista de Tite para descansar após a desgastante temporada europeia. O atacante do Barcelona, por exemplo, não goza de um período de férias tão longo desde 2013. A justificativa não agradou aos brasileiros que moram no país que receberá os jogos.

O cearense Carlos Arena está na Austrália há nove anos e correu para garantir presença no estádio assim que os ingressos foram disponibilizados. Agora, revoltado com o que ele chamou de "propaganda enganosa", quer o dinheiro de volta. "Já enviei um e-mail para a empresa responsável pelos ingressos, expliquei o motivo e estou aguardando minha resposta. Fomos enganados", conta ele que pagou AUD$ 340 (cerca de R$ 810) em dois ingressos.

A TLA Worldwide, organizadora dos amistosos brasileiros, não esconde a decepção com a ausência de Neymar e outros, mas afirma que não existe a possibilidade de ressarcir o dinheiro investido nos ingressos, além de ver como um ato de cambistas qualquer ação para comerciar os bilhetes na internet ou na porta do estádio.  

"Qualquer revenda de ingressos para partida Brasil x Argentina é lamentavelmente um trabalho de cambistas sem escrúpulos. Foram vendidos quase 100 mil ingressos e essas pessoas estão querendo lucrar com a enorme demanda para assistir essa partida histórica", disse a empresa em nota enviada ao UOL Esporte, reafirmando não ver uma ligação das vendas com a lista dos convocados.

Faltando um dia para o jogo, é fácil encontrar entradas para o duelo. O mineiro Marcos Cabral, por exemplo, colocou o seu ingresso à venda em uma comunidade na rede social apenas para brasileiros que moram na Austrália. Morador de Brisbane há quatro meses, o jovem fez planos para conhecer Melbourne durante a estadia da seleção brasileira.

"Estou vendendo porque parece que a seleção está vendo esse jogo mais como um treino. Prefiro assistir em um pub com meus amigos", disse, ressaltando que não só a ausência de Neymar o fez mudar de ideia. "Não só ele (Neymar), mas também sem o Dani Alves, Marcelo, Casemiro. A convocação mostrou que não vai ser aquele clássico que esperávamos", completou o mineiro de 18 anos que colocou o ingresso a venda por AUD $200 (cerca de R$480).

A dor de cabeça com a lista dos convocados não afetou apenas os torcedores. A TLA também precisou alterar alguns planos e retirou a fotografia de Neymar dos cartazes que anunciavam a partida. No entanto, eles esqueceram de alterar uma frase em seu site oficial que ainda diz: compre ingressos para ver Neymar e Messi. Em um vídeo promocional, Neymar aparece na abertura e Alisson, também poupado, chega a se apresentar à torcida.

"A Argentina vem com o time principal, porque o Brasil não pode vir?", questiona chateada a moradora de Sydney, Aline Coelho. "Comprei dois ingressos, uma amiga desistiu e agora só estou indo porque já tinha reservado a passagem de avião. Eu como palmeirense roxa, vou aproveitar para ver o Gabriel Jesus".

O agora atacante do Manchester City voltará a ser titular da seleção de Tite após ficar fora por conta de lesão. A imagem do jogador, inclusive, substituiu a de Neymar para a chamada do duelo contra os australianos, conhecidos como Socceroos (em uma alusão aos cangurus).

Sob o comando de Tite, a seleção brasileira está invicta, com 100% de aproveitamento e garantida na Copa do Mundo da Rússia no ano que vem. Até aqui são nove jogos e nove vitórias. Destes, Neymar só não foi a campo diante da Venezuela, quando estava suspenso pelas Eliminatórias, e no amistoso contra a Colômbia em homenagem as vítimas da Chapecoense, que contou apenas com jogadores que atuam no Brasil.

UOL transmite os amistosos

O UOL transmitirá ao vivo, em vídeo, os amistosos da seleção brasileira contra Argentina e Austrália, respectivamente nos dias 9 e 13 de junho, em Melbourne (Austrália), com oferecimento de Jeep. As duas partidas poderão ser acompanhadas na web e na versão mobile do portal a partir das 7h (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos