Seleção lamenta finalizações erradas, mas vê 'grande jogo' em derrota

Do UOL, no Rio de Janeiro

A primeira derrota sob o comando de Tite não chegou a abalar a confiança da seleção brasileira. Ao menos nas palavras dos jogadores na saída de campo, o tom foi de satisfação com a atuação diante da Argentina, nesta sexta-feira (9), em Melbourne (Austrália).

"Perdemos, mas foi um grande jogo. Continuamos na linha de crescimento. Foi um grande teste", avaliou o lateral Filipe Luís.

"Fizemos uma boa partida, o resultado não diz o que foi o jogo. Temos que exaltar o um trabalho que foi bem feito. Claro que um jogo só é perfeito com vitória, mas foi bom. Jogos como esses são importantes para chegarmos bem na Copa. Estamos no caminho certo. Isso não atrapalha o que estamos fazendo", endossou o meia William.

Na visão de ambos, o mesmo problema: finalizações. O fato de não concluir bem as diversas oportunidades criadas comprometeu o desempenho final da seleção.

"Tivemos muitas chances claras e não fizemos. Perdemos, mas a todo momento criamos chances e tentamos joga, sempre buscando achar falha na defesa adversária", disse o lateral-esquerdo.

"Criamos ainda mais chances reais de gol durante o jogo, mas não conseguimos concluir. É sempre difícil, mas foi um bom jogo", completou William.

Após a partida, na zona mista, Weverton e Fágner, que jogaram como titulares contra a Argentina, lamentaram o resultado e admitiriam a frustração pela derrota no clássico, mas viram a seleção apresentar um bom desempenho no jogo.

"Jogo bem disputado, competitivo. Acho que a gente não merecia perder pelas chances que a gente criou e pelas poucas oportunidades que o adversário criou. Mas no futebol não tem justiça. Acho que é ter tranquilidade, o Brasil tem que ter tranquilidade, está no caminho certo", afirmou o goleiro.

"Sempre que você perde para um grande rival dói um pouquinho, mas vale ressaltar o que a equipe fez, a maneira com que se comportou na segunda etapa, uma maturidade muito boa, grandes oportunidades de empatar e virar. Agora é ter tranquilidade, temos que continuar trabalhando", endossou o lateral.

UOL transmitirá a partida

O UOL voltará a transmitir ao vivo, em vídeo, o último amistoso da seleção brasileira em Melbourne, na Austrália, com oferecimento de Jeep. Os comandados de Tite enfrentarão a equipe da casa na terça-feira e os internautas poderão acompanhar na web e na versão mobile a partir das 7h (de Brasília). 

Para a iniciativa inédita, o UOL transmitirá o sinal oficial distribuído pela CBF, que terá os comentários de Pelé. O Rei do Futebol ainda terá a companhia do ex-jogador Denílson, pentacampeão da Copa em 2002, e do narrador Nivaldo Prieto. 

A exemplo do jogo contra a Argentina, na sexta-feira, o internauta do UOL ainda poderá assistir a um programa especial no intervalo e após as partidas com a participação dos blogueiros Julio Gomes e Vitor Birner.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos