Ex-jogador da Juventus é investigado por fraude de documentos

Do UOL, em São Paulo

O ex-jogador Antonello Cuccureddu, que defendeu a Juventus ao longo dos anos 1970, está sob investigação na Itália. De acordo com o que publica o jornal "Corriere della Sera" nesta segunda-feira (12), o ex-atleta está sob prisão domiciliar.

Cuccureddu, natural da cidade de Alghero, é acusado de falsidade ideológica, entre outros crimes. O ex-jogador de 68 anos é investigado junto a Antonello Usai, vice-prefeito de Alghero, além dos políticos Giansalvo Mulas, Giovanni Chessa e outros funcionários.

A publicação diz que o envolvimento de Cuccureddu com o escândalo ainda não é claro, mas que o ex-jogador tem participado de forma importante em eventos esportivos na cidade.

Defensor que chegou à Juventus em 1969, Cuccureddu jogou no clube até 1981. Ele chegou a começar a carreira como treinador nas categorias de base do atual campeão italiano, mas fez carreira em times italianos menores.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos