Jogador Jonas Pessalli, ex-Grêmio, morre em acidente de trânsito

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • Marcel Mercurio

    Carro onde estava o ex-jogador Jonas Pessalli

    Carro onde estava o ex-jogador Jonas Pessalli

O meia Jonas Pessalli morreu nesta segunda-feira, por volta das 3h30, após acidente automobilístico, no bairro Pinheirinho, em Curitiba. O carro que Pessalli guiava atingiu um poste. O impacto, no lado esquerdo do Audi, foi tão forte que arrancou o poste e uma placa de sinalização. Pessalli morreu na hora.

Um amigo que também estava no veículo não sofreu ferimentos. Pessalli tinha 26 anos. Ele retornava de uma festa de aniversário. O corpo ficou preso às ferragens. A equipe de resgate levou pelo menos três horas para retirar Pessalli. A energia da região teve de ser cortada por algumas horas.

Pessalli foi formado no Grêmio. No início do ano, o atleta foi contratado pelo Paraná Clube, mas não vinha sendo aproveitado pela equipe. O meia também defendeu o Barueri, o VLF e o Angers, ambos da França. Pessalli deixa três filhos.

Promessa que não vingou no Grêmio

Pessalli se destacou na base do Grêmio. Em 2010, ele era visto como o prodígio da base e substituto do meia Douglas no profissional. Mas Pessalli passou pelo clube sem ter a possibilidade de uma boa sequência no time principal.

Foram apenas seis partidas no time gremista, um total de 306 minutos em campo vestindo azul branco e preto. Pouco para quem foi goleador e conquistou uma longa lista de títulos nas categorias de base.

Depois de um curto período no Grêmio Barueri, a solução foi buscar carreira no exterior, defendendo times pequenos da França. 

Em entrevista ao UOL Esporte em abril de 2016, Pessalli comentou por que não conseguiu corresponder no time principal do Grêmio.

GOLS DE PESSALLI

"Recebi poucas oportunidades e, nessas poucas oportunidades, eu acredito que consegui aproveitar bem. Lógico que hoje, com mais experiência, com 25 anos, eu iria aproveitar muito melhor, mas naquele momento, pelo que eu fiz na base, artilheiro do Campeonato Brasileiro, uma série de títulos na base, acho que merecia mais oportunidades no profissional, merecia um tratamento diferente. Mas, enfim, é passado", disse o meia.

Marcel Mercurio

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos