Pai de Castán marca reunião, mas volta ao Corinthians fica distante

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Giorgio Perottino

    Castán pelo Torino em partida contra a Juventus

    Castán pelo Torino em partida contra a Juventus

De volta ao Brasil depois de reunião com a Roma na última semana, Marcelo Castán, pai e empresário do zagueiro Leandro Castán, deve se encontrar com a direção do Corinthians ainda nesta semana. A volta dele ao clube, porém, não é muito provável.

"A Roma nos passou algumas condições para um empréstimo ao Corinthians. Por enquanto, não posso dar detalhes. Primeiro vamos passar a situação aos dirigentes do Corinthians", disse Marcelo Castán ao UOL Esporte.

Segundo a reportagem apurou com pessoas ligadas à direção do Corinthians, os valores que envolveriam a volta dele ao clube são considerados elevados.

A Roma descartou um empréstimo gratuito e, como informou o UOL na última semana, os salários dele na Itália são de aproximadamente R$ 700 mil mensais, livre de impostos.

Castán tem dois anos de contrato ainda com a equipe italiana, que não mencionou nas reuniões a intenção de reintegrar o zagueiro para a próxima temporada. Nos dois últimos anos, ele defendeu Sampdoria e Torino por empréstimo.

O Corinthians, por sua vez, hesita em inflar sua folha salarial enquanto tem Pablo e Balbuena como titulares absolutos e confiança nos jovens Pedro Henrique e Léo Santos. Recentemente, o clube também pensou na volta de Anderson Martins, mas recuou.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos