Técnico do Avaí diz que houve interferência para árbitro anular pênalti

Do UOL, em São Paulo

Um dia depois de descartar interferência externa após o empate por 1 a 1 entre Avaí e Flamengo, o técnico do time catarinense, Claudinei Oliveira, mudou o tom. Aos 34 minutos do segundo tempo do jogo, disputado nesse domingo (11), O juiz Paulo Schleich Vollkopf assinalou pênalti inexistente de Everton em Diego Tavares, mas voltou atrás depois de muita reclamação dos rubro-negros.

"Eu acho que ele marcou com auxílio. Temos essa informação que o adicional que desmarcou o pênalti. E na nossa opinião foi pênalti, ele ficou meio perdido na situação. Mas não temos que ficar só lamentando isso, mas sim frisar na evolução e a boa atuação do elenco", disse Claudinei, em entrevista à "ESPN".

O treinador do Avaí pediu que árbitros com mais experiência sejam escalados em partidas de "apelo" e afirmou que não foi a primeira vez que seu time foi prejudicado.

"Acho que nesses jogos de grande apelo tem que colocar árbitros experientes, porque esses pontos não voltam né. Já são aí quatro pontos deixados para trás por causa disso", disparou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos