Apresentado, Sassá nega mágoa com Botafogo, mas fala em voltar a ser feliz

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Alisson Guimarães/Cruzeiro

    Atacante assinou um contrato de quatro anos e vestirá e camisa 99 do Cruzeiro

    Atacante assinou um contrato de quatro anos e vestirá e camisa 99 do Cruzeiro

Há uma semana treinando com seus novos companheiros, o atacante foi oficialmente apresentado pelo Cruzeiro. Nesta tarde de terça-feira, o atacante concedeu sua primeira entrevista coletiva na Toca da Raposa e falou da expectativa pelos próximos quatro anos de contrato com a agremiação mineira. Além disso, Sassá negou que tenha ficado alguma mágoa do Botafogo e mostrou confiança em traçar um novo caminho vitorioso em Minas Gerais.

"Estou feliz, com uma nova oportunidade. Espero contribuir e fazer valer o esforço que a diretoria do Cruzeiro fez para me trazer. Espero estar preparado o mais rápido possível para ajudar o time", comentou o reforço, que vestirá a camisa de número 99 no clube.

"Espero poder fazer bastante gols, voltar a ser feliz. Passei um tempo meio afastado. Mas agora estou focado e com a cabeça boa para estrear", acrescentou.

Apesar do bom início de ano no Botafogo, o atacante foi punido por causa de indisciplina e ficou afastado até ser negociado. Além disso, Sassá não entrou em um acordo salarial para renovar seu vínculo com a agremiação. O desgaste com seu ex-clube, entretanto, não permitiu que o jogador guardasse mágoa do Botafogo.

"Mágoa não tenho com o Botafogo. Tenho grandes amigos lá. Tivemos algumas brigas internas, e perdi um pouco o clima lá".

"Quem acompanhou tudo que aconteceu no Rio de Janeiro sabe o que aconteceu. Não foi problema extracampo. Foi mais questão contratual e me afastaram. Mas já passou. Estou feliz no Cruzeiro e quero fazer um bom trabalho aqui", definiu.

As conversas entre Cruzeiro e Botafogo duraram cerca de um mês. Depois de algumas idas e vindas, as diretorias chegaram a um ponto em comum e fecharam a troca de Sassá pelo meia Marcos Vinícius. Pela transferência, o clube carioca ficará com 50% do seu novo reforço e ainda terá 50% de Sassá. Já os mineiros adquirem a outra metade dos direitos do atacante e permanece com 30% do meia.

"Tenho certeza que o futebol do Sassá vai propiciar muita felicidade para a gente. O Sassá é outro atleta que há bastante tempo tentávamos trazer. Ele sempre demonstrou simpatia e vontade de vir, mas sempre tem os trâmites de negociação que fez com que as coisas demorassem mais. Fizemos a contratação e o negócio foi bom para todos os lados. Estão todos satisfeitos. Temos certeza que ele vai fazer aquilo que fez muito no Botafogo, que é fazer gol e dar alegrias", comentou o presidente Gilvan de Pinho Tavares, que esteve ao lado de Sassá na apresentação.

Veja outros trechos da apresentação de Sassá:

O que fez escolher o Cruzeiro: o motivo para escolher vir para o Cruzeiro foi a afinidade, vi um maior interesse daqui. Não tive dúvidas de vir para cá.

Vai ter "Sassarada"?: Vim para jogar no Cruzeiro e estou focado. Esperamos que tenha, vou trabalhar para isso.

Polêmicas nas redes sociais: O utebol está muito chato. A gente não pode fazer mais nada que tudo dá polemica. Gosto de brincar na rede social, mas isso é mais para brincar mesmo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos