D. Souza ganha pontos com Tite e faz gol mais rápido da história da seleção

Vitor Pajaro

Colaboração para o UOL, em Melbourne (Austrália)

Sem Gabriel Jesus, cortado, a vaga no comando de ataque da seleção brasileira caiu no colo de Diego Souza. O atacante do Sport não decepcionou e marcou duas vezes na vitória do Brasil por 4 a 0 sobre a Austrália, nesta terça-feira (13), em Melbourne. Um deles com apenas 9s, que se tornou o mais rápido da história da seleção.

Como lembrou o blog do PVC, até então o gol mais rápido anotado pela seleção brasileira havia sido marcado por Willian, com 36s de jogo, em partida contra a Venezuela em 2015. Pela seleção olímpica, Neymar marcou com 14s diante de Honduras nos Jogos do Rio-2016 - o que não entra na estatística do time principal.

A performance de Diego Souza poderia ter ainda mais destaque não fosse o goleiro Langerak, que evitou outro gol do atacante após boa triangulação do time brasileiro. O australiano, porém, não pôde evitar os gols de Thiago Silva e Taison. Este último após outra boa jogada do ataque brasileiro que contou com a participação de Diego Souza.

"Fico muito feliz, é um trabalho bem feito, realizado. É um sonho poder estar aqui, é um grupo que tem 10 dias. Me sinto bem à vontade. Estou muito feliz por ter feito dois gols e poder ajudar", disse Diego Souza.

Com Gabriel Jesus praticamente garantido no Mundial, Diego Souza briga por uma vaga direta com Roberto Firmino, atacante do Liverpool e fora dos amistosos contra Argentina e Austrália.

Apesar de não atuar como atacante no Sport, Diego sabe que a vaga no comando de ataque é menos concorrida do que no meio-campo. Presente nas três últimas listas de Tite, ele sabia que precisaria mostrar trabalho nesta terça. E assim o fez.

Apesar dos australianos oferecerem pouco risco ao Brasil, Diego se movimentou bem, abriu espaços e fez bem o trabalho de pivô, uma das principais características de Gabriel Jesus e sempre elogiada por Tite.

"Aqui na seleção tem muita qualidade junta, então tem a facilidade de a bola chegar, de poder concluir bem em gol. Hoje mais uma vez os jogadores me procurando, fizemos tabelas importantes, tive a felicidade de fazer dois gols", comentou.

Agora, com mais oito jogos até o Mundial, Diego Souza espera manter o bom nível no Sport para daqui a um ano estar na lista final de convocados para a Rússia. 

UOL transmitiu ao vivo em vídeo os jogos contra Argentina e Austrália, com oferecimento Jeep. Os amistosos marcaram uma nova estratégia da CBF na forma de transmitir os jogos. A entidade passou a fornecer ela mesma o sinal, com equipe própria de narração e comentaristas, e abrir espaço para outras plataformas. As emissoras TV Brasil e Cultura, a operadora Vivo e do canal da CBF no Facebook também exibiram as partidas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos