Acusado de fraude, Cristiano Ronaldo se defende e diz estar tranquilo

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters

    Cristiano Ronaldo treina com a seleção de Portugal

    Cristiano Ronaldo treina com a seleção de Portugal

O português Cristiano Ronaldo se defendeu pela primeira vez após ser denunciado por fraude fiscal pelo Ministério Público da Espanha. Questionado por repórter sobre o assunto antes do treino desta quarta-feira da seleção portuguesa, ele foi curto na resposta: "Consciência tranquila".

O atacante reafirmou sua inocência no caso e evitou se prolongar no tema. O jogador já havia sido defendido pelo Real Madrid, através de comunicado nesta quarta-feira, quando o clube apontou estar "absolutamente convencido de que o nosso jogador Cristiano Ronaldo provará a sua inocência completa neste processo".

O jogador foi acusado de quatro crimes, que teriam sido cometidos por quatro anos. Os valores ocultados por ano seriam de 1,39 milhões de euros em 2011, 1,66 milhões em 2012, 3,20 milhões em 2013 e de 8,50 milhões em 2014, totalizando 14,7 milhões de euros (R$ 54,3 milhões).

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos