Lista: Thiago Silva é um dos que mais se desvalorizaram no mercado da bola

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Martins/ Mowa Press

Thiago Silva voltou a ser titular da seleção e, na terça-feira, ainda marcou um dos gols nos 4 a 0 do Brasil sobre a Austrália. É um alento para o zagueiro após, talvez, a temporada mais difícil de sua carreira. O Paris Saint-Germain falhou na luta por mais um título francês, caiu para o Barcelona na Liga dos Campeões na maior virada da história e ele jogou apenas 47 minutos em toda a campanha brasileira nas Eliminatórias.

Johannes Eisele/AFP
Hulk foi o décimo jogador do mundo que mais se desvalorizou nos últimos meses: baixa de 15 milhões de euros
O resultado de tudo isso foi que, nos últimos 12 meses, o brasileiro, que já foi considerado o melhor do mundo em sua posição, foi um dos 15 jogadores mais desvalorizados do mercado do futebol mundial. Segundo o site alemão TransferMarkt, especializado no assunto, Thiago se desvalorizou 52%. Atualmente, sua avaliação é de 12 milhões de euros (cerca de R$ 44 milhões), 13 milhões a menos do que ao fim da última temporada.

Esses números o colocam na 13ª posição entre os jogadores que mais perderam valor de mercado nos últimos meses. Outro brasileiro da lista é o atacante Hulk, que trocou o Zenit, da Rússia, pelo Shangai SIPG, da China – que pagou quase 60 milhões de euros por ele. Segundo o site especializado, a avaliação do atacante foi de 37 para 22 milhões, queda de 40,5%. Ele é o 10º colocado.

O líder é um nome que faz parte da maior parte dos boatos do mercado de negociação, o colombiano James Rodriguez. Sem chances com Zinedine Zidane no Real Madrid, ele está procurando um novo clube. Os espanhóis, porém, dificilmente vão recuperar os 75 milhões de euros investidos no camisa 10 da seleção da Colômbia. Sua desvalorização com a reserva foi de 37,5%, saindo de 80 milhões para os atuais 50 milhões de euros.

Quem ficou mais perto da desvalorização de 30 milhões de James foi o alemão Mario Goetze, mas por um motivo bem diferente. O jogador, hoje no Borussia Dortmund, começou o período avaliado em 45 milhões, mas com os problemas físicos que enfrentou (foi afastado por toda a temporada por uma doença "metabólica") esse número caiu para 20 milhões.

Veja a lista de maiores desvalorizações (avaliação atual entre parênteses):

  1. James Rodríguez (COL) - Real Madrid: -30 milhões (50 mi)
  2. Mario Goetze (ALE) - Borussia Dortmund: -25 mi (20 mi)
  3. Jackson Martínez (COL) - Guangzhou Evergrande: -21 mi (9 mi)
  4. Wayne Rooney (ING) - Manchester United: -20 mi (20 mi)
  5. Falcao Garcia (COL) - Monaco: -20 mi (15 mi)
  6. Arjen Robben (HOL) - Bayern de Munique: -18 mi (10 mi)
  7. Andrés Iniesta (ESP) - Barcelona: -15 mi (20 mi)
  8. Cesc Fàbregas (ESP) - Chelsea: -15 mi (35 mi)
  9. Thomas Müller (ALE) - Bayern de Munique: -15 mi (60 mi)
  10. Hulk (BRA) - Shanghai SIPG: -15 mi (22 mi)
  11. Bastian Schweinsteiger (ALE) - Chicago Fire: -13,5 mi (4,5 mi)
  12. Carlos Tévez (ARG) - Shanghai Shenhua: -13 mi (7 mi)
  13. Thiago Silva (BRA) – PSG: -13 mi (12 mi)
  14. Fábio Coentrão (POR) - Real Madrid: -13 mi (5 mi)
  15. Axel Witsel (BEL) - Tianjin Quanjian: -13 mi (15 mi)
  16. Yevhen Konoplyanka (UCR) – Schalke: -13 mi (12 mi)
  17. Oscar (BRA) - Shanghai SIPG: -13 mi (25 mi)
  18. Eliaquim Mangala (FRA) - Valencia: -13 mi (15 mi)
  19. Yaya Touré (CDM) - Manchester City: -12mi (10 mi)
  20. Enzo Pérez (ARG) - Valencia: -12 mi (8 mi)

* Todos os valores em euros.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos