Tevez ataca Riquelme e revela motivo para ter deixado o Boca Juniors

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Natacha Pisarenko

Carlitos Tevez não poupou críticas a Juan Roman Riquelme durante entrevista ao canal argentino "TyC Sports", nesta quinta-feira (15). Apesar de elogiar o ex-jogador por suas atuações com a camisa do Boca, Tevez criticou a postura do compatriota fora de campo.

Recentemente, Riquelme havia dito que se fosse Tevez, não teria aceitado uma proposta para jogar na China e deixar o Boca Juniors, clube em que os dois são ídolos.

"É fácil falar de fora. O Riquelme quando teve que ir (do Boca), foi", disparou Tevez. "Riquelme sempre diminui os jogadores do Boca. Ele só fala da equipe quando ela está mal ou quando o River está bem. Riquelme era um ídolo dentro de campo, mas fora dele deixa muito a desejar".

Durante a entrevista, Tevez revelou o motivo que o fez aceitar a transferência para o Shanghai Shenhua. O atacante afirmou não sentir, no momento, que poderia continuar contribuindo de forma positiva com o Boca.

"Quando chegou a oferta (da China), minha primeira reação foi dizer 'não'. A decisão final eu tomei depois do último jogo (contra o Colón, em dezembro). Percebi que não tinha forças para continuar (no Boca) e que daquele jeito estaria fazendo mal ao Boca", explicou Tevez.

"Foi uma decisão muito dura para mim também. Minha filha me pediu chorando para que eu continuasse no Boca". 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos