Por que italiano virou o principal alvo do Barça para próxima temporada?

João Henrique Marques

Do UOL, em Barcelona

  • FRANCK FIFE/AFP

Qualidade técnica, juventude aos 24 anos e polivalência. A contratação do italiano Marco Verrati virou prioridade do Barcelona no mercado para a próxima temporada. O PSG faz jogo duro, já precifica o meio-campo em mais de 100 milhões de euros, mas a expectativa no Barça é de que a negociação termine com sucesso.

Verrati virou o plano A do Barcelona no decorrer da temporada. Sem se importar com o futuro treinador – Ernesto Valverde assumiu o time recentemente - , a diretoria do clube já via no italiano o nome ideal para substituir Iniesta, em queda física. Desde então, o plano de contratação começou.

A primeira parte foi concluída com sucesso. Com sondagens e, posteriormente proposta, Verrati já foi seduzido. A dificuldade agora é a de convencer os dirigentes do PSG.

O italiano tem contrato até 2021. O preço fixado pelo PSG já saltou de 80 para mais de 100 milhões de euros por conta da ânsia do Barça. Mesmo assim, a resposta de mercado até o momento é negativa.

De acordo com o jornal catalão Sport, Verrati tem reunião com dirigentes do PSG na próxima semana. O encontro é tratado como a cartada final.

Efeito Iniesta

O Barcelona intensificou o interesse em Verrati logo após a boa atuação na derrota para o time francês por 4 a 0, em março, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. No jogo, Iniesta foi um dos mais criticados pela mídia catalã. Justamente aí é que entrou o italiano.

Falar em substituto de Iniesta é delicado no Barcelona por conta da carreira construída pelo craque. Imaginar alguém de nível semelhante parece impossível. Mas Verrati já carrega o respeito do próprio.

"Quando estava 2 a 0, nós vimos os rostos dos jogadores do Barcelona e eles pareciam muito bravos com eles mesmos. No entanto, eu me lembro de um momento em que disse algo para Iniesta. Verratti estava no chão e eu disse: 'este é seu sucessor'. Ele concordou e respondeu que 'sim'", disse o volante do PSG, Matuidi,  em entrevista à rádio francesa France Bleu.

Iniesta ainda é titular e visto como peça fundamental para o sucesso do time. Mas a substituição como na partida contra o PSG não será algo raro daqui em diante. Ele completou 34 anos em maio. E o que ainda pesou contra o jogador na última temporada foi uma ruptura parcial nos ligamentos do joelho direito, que o deixou afastado por dois meses.

Falar em queda de Iniesta já é algo normal internamente. A última renovação de contrato aconteceu em 2013 - atual vínculo vale até junho de 2018. Interessado em nova renovação, o meia se indispôs publicamente com o clube neste ano.

"Terei que perguntar aos dirigentes qual é a minha vez de renovar. Quero acabar minha carreira aqui", disse após ver as renovações de Neymar, Suárez e Busquets serem garantidas antes do início da temporada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos