Em busca de meio-campista, Sport tem interesse em Wesley, do São Paulo

José Eduardo Martins e Roberto Oliveira

Do UOL, em Recife e São Paulo

  • Ale Cabral/AGIF

    Wesley acumula lesões e não vem jogando pelo SP, mas não terá saída facilitada

    Wesley acumula lesões e não vem jogando pelo SP, mas não terá saída facilitada

À procura de um meio-campista para reforçar o elenco na disputa do Brasileirão, o Sport tem interesse na contratação de Wesley, do São Paulo. Versátil, o jogador agrada ao técnico Vanderlei Luxemburgo, com quem trabalhou no Santos. No que depender do clube do Morumbi, no entanto, a transação não será fácil.

"O treinador fez alguns pedidos, ele enxerga algumas carências no elenco. Wesley é bom jogador e Vanderlei gosta dele. Não é o único nome, mas é um nome que interessa ao Sport", disse Rodrigo Barros, diretor de futebol do Sport, ao UOL Esporte.

O meio de campo, principalmente no setor de criação, é visto na Ilha do Retiro como uma das fragilidades do Sport, que está na zona de rebaixamento do Brasileiro. Embora seja volante, Wesley já atuou mais avançado como terceiro homem de meio-campo ou mesmo como meia de ligação. Hoje, Diego Souza - cada vez mais atacante - e Everton Filipe são as principais opções de Luxemburgo para o setor. Quando preciso, o volante Rithely também atua mais à frente.

A princípio, porém, o São Paulo não tem interesse de negociar Wesley. Apesar de ser criticado pela torcida e de ter disputado apenas 81 partidas pelo clube em dois anos, o volante tem moral com o treinador e a diretoria. Rogério Ceni já chegou a elogiá-lo diversas vezes para outros integrantes da comissão técnica.

Com a saída de João Schmidt para o Atalanta, da Itália, o São Paulo também evita pensar na saída de outro jogador no setor. Além disso, o atleta é visto como peça importante no elenco por poder desempenhar mais funções (já atuou como lateral e avançado no ataque).

Por outro lado, o salário de Wesley é considerado alto pela diretoria. Contratado na gestão de Carlos Miguel Aidar, ele recebe cerca de R$ 300 mil mensais (descontadas as luvas de início do acordo).  Por isso, a saída do volante poderia significar uma redução na folha salarial.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos