Eurico ataca Globo, mas verba da TV corresponde a 78% da receita do Vasco

Bruno Braz e Rodrigo Mattos

Do UOL, Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

    Eurico reclamou da Globo, mas teve a chance de mudar para o Esporte Interativo

    Eurico reclamou da Globo, mas teve a chance de mudar para o Esporte Interativo

A entrevista coletiva do presidente do Vasco, Eurico Miranda, na última segunda-feira (19), teve como motivo inicial apresentar argumentos para as recentes confusões de cunho político que têm acontecido nos jogos em São Januário. Porém, houve tempo também para um ataque à TV Globo no que se refere às cotas pagas aos clubes. O dirigente queixou-se da disparidade de verbas recebidas pelos demais em relação à dupla Corinthians e Flamengo. Ocorre, no entanto, que, mesmo o dirigente não concordando, tais valores representam 78% da receita do Cruzmaltino.

Em levantamento feito pelo UOL Esporte, tendo como base os balanços orçamentários de 2016 e a consultoria da "BDO Sports Managment", constatou-se que o Vasco é, entre os quatro grandes do Rio e os quatro grandes de São Paulo, o mais dependente da Globo em termos financeiros.

Atrás do clube de São Januário em dependência estão Botafogo (63%), Fluminense (60%), Flamengo (58%), Santos (50%), Corinthians (47%), São Paulo (35%) e Palmeiras (27%). No balanço de 2016 do Vasco, consta que R$ 165 milhões dos R$ 213 milhões de receitas foram pagos pela TV Globo.

"Esse distanciamento que a TV paga de um para outro já é difícil, ainda mais quando se encontra o clube numa situação mais difícil ainda", lamentou Eurico em um trecho de sua entrevista.

Vasco teve oportunidade de fechar com Esporte Interativo

Exaltado na coletiva, Eurico Miranda mais uma vez citou a palavra "espanholização" para classificar a condição financeira dada ao Corinthians e ao Flamengo pela Globo. O dirigente, porém, não lembrou que teve a oportunidade de mudar de contrato e fechar com o Esporte Interativo, preferindo renovar com a atual parceira.

No fim de 2015, o Vasco foi um dos primeiros clubes a aceitar a proposta da Globo e renovar até 2020 recebendo luvas de R$ 40 milhões. Eurico, então, foi procurado pelo Esporte Interativo e manteve conversas para um possível contrato a partir de 2021. O dirigente, no entanto, após algumas reuniões, se manteve fiel e estendeu o vínculo com a Globo até 2024.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos