Fifa adverte México por gritos homofóbicos em jogo da C. das Confederações

Do UOL, em São Paulo

A Fifa advertiu a Confederação Mexicana de Futebol pelos gritos homofóbicos e discriminatórios durante partida da seleção na Copa das Confederações. O incidente ocorreu no empate dos mexicanos contra Portugal, 2 a 2, na rodada inicial da competição.

Em comunicado, a Fifa informa que pedirá aos árbitros medidas mais rigorosas contra cantos discriminatórios, inclusive determinar a interrupção da partida.

Um grupo de torcedores mexicanos entoou cânticos homofóbicos, disse Anin Yeboah, chefe da comissão de disciplina da Fifa.

A Confederação Mexicana já havia sido advertida oito vezes, com multa, pelo mesmo problema durante as eliminatórias da Copa do Mundo.

A Fifa reitera que será rigorosa contra esse tipo de comportamento dos torcedores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos