Brasileiro naturalizado russo diz que anfitriões "gostam de brasileiros"

Vinícius Mesquita

Do UOL, em Moscou (Rússia)

  • AP Photo/Denis Tyrin

A seleção brasileira não está na Copa das Confederações, mas um representante seu faz parte do elenco da Rússia, país anfitrião do torneio. Nesta quarta-feira (21), o goleiro Guilherme, brasileiro naturalizado russo, viu do banco de reservas a derrota de seu time para Portugal, por 1 a 0.

"Não deixamos de lutar e por isso a torcida reconheceu nosso trabalho", afirmou ao UOL Esporte. "O resultado foi injusto pelo trabalho que fizemos em campo".

Mesmo com o resultado, que deixa a Rússia precisando de uma vitória na última rodada para se classificar, Guilherme elogiou a Copa das Confederações. O goleiro destacou a organização do torneio, que serve de teste para a Copa do Mundo, que será disputada no país em 2018.

"Acho que a organização do evento está perfeita. Os russos têm fama de serem fechados, mas quando se trata de futebol tudo é festa. Os brasileiros são bem recebidos em qualquer lugar e o povo russo gosta dos brasileiros", completou.

O próximo compromisso da Rússia está marcado para o próximo sábado (24). A dona da casa enfrentará o México, às 12h (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos