Inter testa seis jogadores, revela carência e pode contratar outro lateral

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

    Alemão foi contratado no começo do ano, mas está lesionado e perdeu espaço

    Alemão foi contratado no começo do ano, mas está lesionado e perdeu espaço

Sem Edenílson contra o Paraná, o Internacional novamente teve Ceará como titular da lateral direita. Durou apenas 45 minutos, e para irritação dele, foi substituído com a improvisação de Fabinho por ali. Foi o sexto jogador testado na posição, e com o sétimo está sendo avaliado, a carência evidente ainda pode ser suprida com contratações.

Com William afastado, o princípio de 2017 mostrou uma movimentação de mercado para acabar com a lacuna na lateral. Alemão foi contratado referendado por um bom Brasileirão em 2016 no Botafogo, mas jamais teve vida fácil no Beira-Rio.

Foi testado e chegou a ser titular ocasionalmente, mas sofreu com uma série de lesões. A última ocorreu em maio, no pé direito. Desde então alterna momentos de melhora e piora, participa e fica ausente em treinamentos de campo. Com isso, não tem sido relacionado para as partidas e soma apenas sete atuações no ano.

William retornou ao elenco após longa discussão com a direção. Em fevereiro, reestreou diante do Brasil de Pelotas. Não rendeu o mesmo do ano passado, foi vaiado pela torcida, mas retomou titularidade e é quem mais atuou na função. Foram 20 jogos, independentemente da oscilação em campo. O problema é que ele já estava, desde o regresso, vendido ao Wolfsburg da Alemanha, e viajou na última semana para se integrar ao clube europeu.

Enquanto isso, quem terminou a temporada passada melhor e foi titular nos dois primeiros jogos do ano acabou esquecido. Ceará tinha jogado apenas duas vezes até esta terça-feira, quando virou titular surpreendentemente depois de quatro meses fora dos planos. Mas durou pouco. Foram apenas 45 minutos atuando e muita reclamação depois da partida. 

O expediente de improvisações no setor teve mais um ato nesta terça. Fabinho foi deslocado para a lateral com a entrada de Valdemir no lugar de Ceará.. No segundo tempo do jogo contra o Palmeiras, pela Copa do Brasil, foi Danilo Silva que ocupou a lateral. Recentemente, o técnico Guto Ferreira colocou Edenílson como titular do lado. Ele só não atuou diante do Paraná pois foi preservado devido à sequência de jogos.

"Estamos cientes das nossas carências e vamos atrás de resolver estes problemas do elenco", disse o vice de futebol Roberto Melo sem descartar ou mesmo confirmar investida por um novo lateral direito.

"Isso (improvisações) é porque tenho que achar 11 titulares. Era o William, que saiu do clube vendido. A gente busca alguém que assuma o setor. Estamos trabalhando e jogando com situações para que possamos achar o melhor substituto e o melhor para equipe. Se não for assim, não vamos achar nunca", afirmou Guto Ferreira.

Enquanto isso, Claudio Winck, de 23 anos, tem se destacado no time Sub-23. O jogador é um dos artilheiros do time que brilha na Segunda Divisão Gaúcha. Nas próximas semanas, pode seguir o mesmo caminho de Juan, Mossoró e Joanderson e ser testado no principal. 

"O Winck, assim como o Joanderson, deve ter mais de 20 meninos nos sub-23, e todos à disposição. O Zago esteve aqui, agora é o Guto. A qualquer momento podem chamar qualquer jogador se assim entenderem", explicou Melo. 

O Internacional pretende atacar as carências do grupo com reforços. Uma delas é a lateral. "Estamos conversando com a diretoria", se limitou a dizer o treinador do time. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos