Proposta do SP para renovar com Lugano tem R$ 100 mil de redução salarial

José Eduardo Martins e Ricardo Perrone

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Chiri / São Paulo

    São Paulo ofereceu R$ 100 mil a menos para renovação do contrato do zagueiro Lugano

    São Paulo ofereceu R$ 100 mil a menos para renovação do contrato do zagueiro Lugano

Se aceitar a proposta oferecida pelo São Paulo nesta segunda-feira, Lugano vai ter uma mudança no seu salário. Segundo apurou o UOL Esporte, o clube propôs ao uruguaio R$ 180 mil mensais na carteira de trabalho. No acordo vigente até o dia 30 deste mês, o zagueiro recebia R$ 280 mil, sendo R$ 100 mil em direitos de imagem.

A diretoria tricolor não vê como uma redução salarial. O clube destaca que o veterano, de 36 anos, terá direito a 40% da receita de uma partida de despedida do atleta no fim da temporada - os 60% restantes seriam do São Paulo. Esse valor, na visão dos cartolas, compensaria os R$ 100 mil que o zagueiro deixaria de receber periodicamente. Mensalmente, porém, haveria uma redução no ordenado. 

Tal estratégia já foi adotada na despedida de Rogério Ceni, em 2015. O problema é que o zagueiro não tem nem sequer certeza de que vai se aposentar no fim desta temporada. Neste caso, a diretoria venderia a partida como um adeus do campeão mundial ao Tricolor.

O jogador analisa a oferta e vai dar a sua resposta em breve ao clube. Em um primeiro momento, o zagueiro não ficou satisfeito com o tratamento dispensado pelo clube. Os valores não foram considerados um problema por Lugano, enquanto a demora para procurá-lo, sim, deixou o ídolo magoado. O uruguaio sente a diretoria dividida sobre seu futuro.

A definição para a permanência do campeão mundial de 2005 no elenco se arrastou nas últimas semanas. O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, mostrou dúvidas na hora de oferecer um acordo. O jogador é considerado caro e pouco utilizado por Rogério Ceni (entrou em campo apenas em oito jogos no ano). Além disso, alguns reclamam da postura do zagueiro longe dos gramados, por ser um líder e reivindicar o direitos de funcionários e jogadores.

Torcedores e outra ala da diretoria, ao contrário, sempre apoiaram a ideia de manter o defensor no time. Na última semana, jogadores chegaram até a gravar um vídeo pedindo a renovação do contrato. Após Rogério Ceni ter se colocado publicamente favorável ao uruguaio, Leco passou a se mostrar mais propenso a fazer a oferta.

Nos últimos dias, o estafe do jogador recebeu sondagens de clubes da América do Sul, México e Ásia. Lugano, no entanto, não quis abrir conversa enquanto não tivesse uma conversa com o São Paulo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos