PSG? United? Qual time faz mais sentido para C. Ronaldo se ele sair do Real

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO

    Cristiano Ronaldo foi campeão da Champions com a camisa do United em 2008

    Cristiano Ronaldo foi campeão da Champions com a camisa do United em 2008

As acusações de fraude fiscal contra Cristiano Ronaldo na Espanha fazem com que o atacante pense seriamente em deixar o Real Madrid e jogar em outro país na próxima temporada, de acordo com veículos da imprensa espanhola e portuguesa. O atual melhor do mundo tem contrato até 2021, mas, se realmente mudar de ares, fica a pergunta: qual seria o destino ideal?

Até o momento, cinco possibilidades já foram especuladas. O Paris Saint-Germain teria uma proposta pelo atleta; um retorno ao Manchester United foi ventilado; o Chelsea também teria manifestado interesse; o Milan sonha com o português; e, por fim, o futebol chinês estaria disposto a investir pesado para ter o astro.

Paris Saint-Germain

Segundo o jornal francês L'Équipe, o PSG está esperando um posicionamento oficial de CR7 para apresentar uma proposta de 150 milhões de euros ao Real Madrid. Já o espanhol Marca diz que o próprio Cristiano vai apresentar ao presidente Florentino Pérez uma oferta do clube francês após a participação de Portugal na Copa das Confederações.

Uma ida ao PSG faria sentido para o clube, que tem como grande meta se consolidar como um postulante sério ao título da Liga dos Campeões e contrataria um dos maiores vencedores do torneio – Cristiano tem quatro taças europeias. O craque provavelmente teria poucos problemas para se encaixar na equipe e atuaria pela esquerda do ataque, ao lado do centroavante Cavani e mais um entre Di María, Draxler ou Lucas.

Manchester United

O inglês Daily Mirror publicou que o Manchester United, clube pelo qual Cristiano foi eleito o melhor do mundo pela primeira vez, em 2008, estuda uma proposta de até 175 milhões de libras. O Marca, porém, diz que o técnico José Mourinho não estaria interessado no retorno de seu compatriota, por ter se desgastado com ele quando o comandava no Real.

Mourinho não esconde que a prioridade do mercado do United é um centroavante para substituir Zlatan Ibrahimovic, que se machucou seriamente e não terá seu contrato renovado. Cristiano até pode jogar na função, mas já afirmou várias vezes que prefere atuar com mais liberdade no ataque, seja partindo da ponta esquerda ou ao lado de um parceiro com mobilidade, como foi nesta temporada no Real (ao lado de Benzema) e na seleção (ao lado de Nani).

Chelsea

O técnico do Chelsea, Antonio Conte, já criticou os valores estratosféricos potencialmente envolvidos em uma transferência de Cristiano Ronaldo. Mesmo assim, o jornal inglês Daily Express afirmou que o time azul de Londres estaria disposto até mesmo a oferecer um de seus astros, o belga Eden Hazard, em um negócio para ter o jogador português.

Hazard já foi cobiçado pelo Real em outras janelas de transferências, mas parece pouco factível que o Chelsea se desfaça de um de seus principais talentos aos 26 anos. Se o negócio de fato acontecer, Cristiano encontraria no sistema 3-4-3 de Conte uma plataforma ideal para seus talentos: jogando na posição de Hazard, ele teria liberdade para se movimentar, menos obrigações defensivas e um time que explora a velocidade no contragolpe como principal arma.

Milan

O Milan está com as finanças turbinadas após ser comprado por investidores chineses e promete agitar o mercado de transferências. O diretor de futebol do time italiano, Massimiliano Mirabelli, afirmou ao jornal Corriere dello Sport que está disposto a conversar com o Real Madrid para ter Cristiano Ronaldo e falou em incluir no negócio o goleiro Gianluigi Donnarumma, de 18 anos, que só tem contrato até o meio de 2018 e não vai renovar.

A procura por um goleiro para disputar posição com Keylor Navas não é novidade no Real, e Donnarumma encaixaria nas pretensões do time espanhol. A possibilidade de Cristiano aceitar jogar no Milan, porém, parece remota. O time italiano é um dos gigantes da Europa, mas não vai jogar a Liga dos Campeões na próxima temporada e está com uma equipe bem enfraquecida em comparação aos principais times do continente. Cristiano ficaria distante de seus objetivos pessoais.

China

O jornal espanhol AS afirma que Cristiano Ronaldo tem uma proposta astronômica de uma equipe do futebol chinês, sem revelar o nome do clube. Segundo a publicação, o Real Madrid receberia 200 milhões de euros pela transferência, e o português receberia um salário de 120 milhões de euros por ano, tornando-se ao mesmo tempo o jogador mais caro e o mais bem pago do planeta.

Dada as ambições de Cristiano de superar Lionel Messi – ele já tem tudo para igualar o argentino com sua quinta Bola de Ouro em 2017 –, partir para uma liga pouco competitiva como a chinesa neste momento não parece factível. Aos 32 anos, a tendência é que, se deixar o Real, ele assine um último grande contrato na Europa antes de pensar em possíveis mercados alternativos para encerrar a carreira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos