Justiça investiga empresas de Diego Costa, James e Filipe Luis, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

  • MOWA PRESS

    Justiça ocorre porque D. Costa e F. Luis trabalham com o agente Jorge Mendes

    Justiça ocorre porque D. Costa e F. Luis trabalham com o agente Jorge Mendes

A Justiça da Espanha abriu investigação contra Diego Costa, Filipe Luis, James Rodríguez e Jackson Martínez. De acordo com o jornal "El Confidencial", a investigação começou porque os quatro atletas pertencem ao empresário Jorge Mendes.

Alguns atletas de Mendes estão sendo investigados por fraude fiscal, entre eles Cristiano Ronaldo.

A Justiça espanhola quer saber se Costa, James, Filipe e Martínez seguiram o roteiro de outros atletas de Jorge Mendes.

Para isso, o Tribunal analisará se esses atletas cederam parte dos rendimentos obtidos em clubes espanhois para outros países. A manobra seria para minimizar tributação.

O "El Confidencial" informa que Diego Costa teria constituído empresa em paraíso fiscal, mas quando já estava no Chelsea.

Vários jogadores estão sendo investigados por repasserem seus direitos de imagem para offshores (paraísos fiscais). 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos