'P... da vida' com fase, Rodrigo Caio pede renovação de Lugano e paz a Ceni

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Thomás Santos/AGIF

    Rodrigo Caio está na sétima temporada como atleta profissional do São Paulo

    Rodrigo Caio está na sétima temporada como atleta profissional do São Paulo

Desde 2011 no elenco profissional, Rodrigo Caio se acostumou a ver o São Paulo desmanchar e remontar seu elenco a cada janela de transferências. As mudanças voltaram afetar o trabalho do clube nesta temporada, com 20 saídas e 17 chegadas desde o início do ano, e mais especificamente no setor defensivo. Saíram Lyanco, Lucão e Maicon e ainda há o entrave da renovação de Diego Lugano, defendida por Rodrigo.

"São excelentes jogadores, de muita qualidade, mas sabemos como funciona o futebol. São decisões pessoais. Fico feliz pelo Maicon (fechou com o Galatasaray), mas gostaria que continuasse. Lucão tem muita qualidade, é jovem e eu torço muito por ele, um cara batalhador e honesto, que tenha sucesso em seus novos desafios. E espero que o Lugano fique por mais tempo, que essa situação se resolva", opinou o camisa 3.

Lugano tem mais uma semana de contrato com o Tricolor e analisa a primeira oferta de renovação enviada pela diretoria. Por outro lado, nesta sexta-feira, o zagueiro Robert Arboleda chegou ao CT da Barra Funda para reforçar o setor. Também foi contratado o meia Jonathan Gómez, que se juntou a Maicosuel e Denilson, e ainda devem chegar os volantes Petros e Matheus Jesus. Assim, com o time mais reforçado, Rodrigo Caio espera que a "sorte vire de lado".

"É difícil reentrosar, mas valoriza nosso grupo. Muitos falam que nosso time é pior que os outros, mas é só aqui que aparecem times para comprar. Se fossem ruins, não teria tanto time europeu interessado. Gostaria que eles ficassem, mas agora chegarão outros jogadores de qualidade. Que eles nos ajudem. Se estão vindo, têm qualidade, embora o entrosamento possa demorar um pouco. Temos que dar tranquilidade para eles se adaptarem rápido, pois não há tempo no Brasileirão. Se não melhorarmos agora, vamos passar dificuldades", ponderou.

A preocupação de Rodrigo vem da experiência ruim vivida no ano passado. O São Paulo sofreu com a irregularidade no primeiro turno do Campeonato Brasileiro e viu a pressão aumentar com o risco de rebaixamento: "Preocupação é nossa, não só da torcida. Passamos por muitas dificuldades no ano passado e não queremos repetir. Temos que vencer e não pode passar de domingo, contra o Fluminense. Jogamos bem as duas últimas partidas, mas não conseguimos matar. Os outros times atacam uma vez e fazem o gol. Fico puto da vida com isso. Precisamos melhorar logo para tirar essa cobrança excessiva que colocam sobre o Rogério Ceni, que tem trabalhado muito e precisa de paz para seguir nos ajudando".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos