Jogador argentino é assaltado e baleado no caminho para o treino

Do UOL, em São Paulo

Neste sábado (24), na província de Buenos Aires, na Argentina, o jogador Ariel Acevedo foi baleado na mão durante um assalto quando se dirigia a um treinamento do Club Desportivo y Social Juventud Unida. Ele foi encaminhado a um hospital, onde recebeu cuidados médicos, liberado para repousar em casa.

O atleta estava acompanhado de dois companheiros, Alvaro Brito e Nicolás Riquelme, que estão ilesos. Segundo o jornal Olé, tudo aconteceu por volta das 8 horas da manhã (horário local) em San Miguel, cidade da região metropolitana de Buenos Aires.

O carro foi abordado por pelo menos quatro assaltantes. De acordo com relato dos jogadores, eles até entregaram seus pertences mas ainda assim Ariel Acevedo foi baleado.

Felizmente, o tiro não foi de grande gravidade — a bala acertou um de seus dedos sem, contudo, comprometer nenhum osso. Encaminhado ao Hospital de San Miguel, ele recebeu medicamento e curativos.

A equipe de Ariel Acevedo, Juventud Unida, joga uma das divisões do quinto nível futebol argentino, chamada de Primera D Metropolitana e está próxima do acesso: disputa partida única das semifinais nesta terça-feira (27). Nas redes sociais, o clube lamentou o ocorrido. "Mandamos forte apoio e pronta recuperação a nosso jogador Ariel Acevedo, que sofreu com um episódio de insegurança."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos