Ex-jogador acusa técnico Marcelo Bielsa de bullying no Athletic Bilbao

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Ochoa de Olza/AP

Tido como um visionário do futebol, o técnico argentino Marcelo Bielsa foi acusado de bullying por um de seus ex-jogadores do Athletic Bilbao. Em entrevista ao jornal "Mundo Deportivo" publicada neste domingo (25), o ex-jogador Koikili Lertxundi, que defendeu o clube basco de 2007 a 2012 criticou a forma que o técnico cuidou do elenco quando assumiu o time em 2011.

Empolgado com a chegada de um treinador renomado, Lertxundi se chocou com o fato de Bielsa comunicar que não contava com um número grande de jogadores do elenco. Parte desse grupo, o hoje ex-jogador não entrou em campo sequer uma vez ao longo da temporada, embora tenha sido convocado para algumas partidas e tenha ficado no banco em outras.

"Sim (estava afastado) e de maneira ilegal, que não sabia. Ou seja, um bullying verdadeiro. Sofrer isso no Athletic foi muito duro. Fiquei muito mal. Pensei então que se fosse embora, não cumpriria minha palavra. Tenho um compromisso com o Athletic, me custaram 26 anos para chegar aqui, mas vou ser fiel à minha palavra e embora seja no fim da minha carreira esportiva, fico tranquilo comigo mesmo", declarou Lertxundi, que atualmente tem 36 anos e se aposentou do futebol em 2014.

Com o Athletic Bilbao, Bielsa chegou às decisões da Liga Europa e da Copa do Rei da temporada 2011-12, mas não conquistou nenhum título. Ao final desta temporada, a primeira do técnico no clube, Lertxundi deixou o Bilbao.

Bielsa seguiu carreira assumindo o Olympique de Marselha na temporada 2014-15 e, nesta temporada, se acertando com o Lille. As polêmicas acompanharam o treinador desde então, em especial em 2016, quando o argentino havia acertado com a Lazio e, dois dias depois, pediu demissão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos