Botafogo decide não ficar com Luis Henrique e jogador está livre no mercado

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Victor Silva/SSPress

    Luis Henrique está livre para negociar com qualquer time no mercado da bola

    Luis Henrique está livre para negociar com qualquer time no mercado da bola

Após o Atlético-PR rescindir com o Luis Henrique, o Botafogo tinha a opção de ficar com o atacante, formado pelo próprio clube. A diretoria, porém, decidiu liberar o jogador, que agora está livre para negociar com qualquer time. O Alvinegro não tinha interesse em ficar com o atleta, mas pensava em adquirir para negociar, mas desistiu da ideia.

Após ceder o jogador para o Atlético-PR, o Botafogo ficou com 35% dos direitos econômicos e o direito de ficar com o atleta em caso de rescisão com os paranaenses. Para isso, teria que arcar com salário de R$ 80 mil em um contrato de 12 meses.

O passado do jogador, porém, foi decisivo. Enquanto atravessava má fase, o Botafogo queria colocá-lo de volta no sub-20, o que foi recusado pelo jogador. Essa situação irritou a diretoria e foi decisivo por não aceitar o retorno de Luis Henrique.

O atacante era empresariado pela mãe e, agora, pertence ao ex-jogador Sávio, e poderá negociar tranquilamente o futuro do filho. Ele pode fechar com qualquer equipe, embora não possa jogar a Libertadores, pois já defendeu o Atlético-PR na competição.

O objetivo do estafe é levar o jovem atacante para o futebol europeu, embora tenha apenas sondagens neste momento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos