Jornal: Fundação de Messi não declarou R$ 37 mi para escapar de impostos

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Twitter oficial do Barcelona

A Fundação Leo Messi não declarou cerca de 10 milhões de euros de renda de patrocinadores para escapar dos impostos entre 2007 e 2015. A informação é do jornal espanhol ABC, que ainda publicou que a sonegação implica na não comprovação do uso do dinheiro.

Ainda de acordo com a publicação da Espanha, a ONG criada para ajudar crianças tem sido utilizada como um 'guarda-chuva' para cobrir empresas familiares de Messi que exploram a imagem do jogador sem investir em projetos sociais.

Para isso foram criadas três fundações com nomes similares, mas registros diferentes.

O ABC também observa que os fatos sobre a Fundação Leo Messi coincidem com os problemas fiscais do jogador do Barcelona.

Messi e seu pai, Jorge Horacio, foram acusados de uma evasão de 4.16 milhões de euros ao fisco espanhol entre 2007 e 2009, com a utilização de uma série de empresas no Reino Unido, Suíça, Belize e Uruguai para receber os direitos de imagem, evitando assim o pagamento de impostos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos