Topo

Futebol


Morre juiz que foi substituido por expulsar Pelé

UOL
Imagem: UOL

Do UOL, em São Paulo

2017-06-26T18:36:22

26/06/2017 18h36

O ex-árbitro de futebol Guillermo Velásquez, protagonista de uma das mais icônicas histórias que envolvem Pelé, morreu nessa segunda-feira (26), aos 84 anos, devido a várias complicações de saúde, segundo o jornal espanhol Marca.

No dia 17 de julho de 1968, Velásquez foi o juiz escalado para apitar um amistoso entre Santos e a seleção colombiana, que se preparava para a Olimpíada de 1968, no México. 

As arquibancadas do estádio El Campín, em Bogotá, estavam lotadas para ver Pelé e o Santos jogarem. Porém, aos 42 minutos do primeiro tempo, o juiz colombiano expulsou o Rei do Futebol após uma entrada por trás em Luis Eduardo Soto. Guillermo Velásquez disse em várias entrevistas que o brasileiro o insultou e por isso decidiu aplicar o cartão vermelho.

Após a expulsão, vários jogadores do Peixe foram para cima do árbitro e o público passou a protestar contra a saída de Pelé. A Federação Colombiana de Futebol decidiu então substituir Velásquez e permitir que o Rei voltasse a campo no segundo tempo.

"Omar Delgado, que foi o primeiro juiz assistente, vem e me diz que que lhe ordenaram a dar continuidade ao jogo e que ele vai apitar. Digo para ele ir em frente, para evitar mais problemas. Isso não acontece mais na Colômbia e foi um fato inédito no mundo", disse Velásquez ao jornal El Tiempo, em 2010.

Mais Futebol