Palmeiras ouve indicação de Cuca e estuda retorno de Diego Souza

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • MARCELLO ZAMBRANA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

    Diego Souza é o nome ideal depois de o Palmeiras falhar com Richarlison, do Flu

    Diego Souza é o nome ideal depois de o Palmeiras falhar com Richarlison, do Flu

Sem sucesso na negociação de Richarlison, que permaneceu no Fluminense, o Palmeiras tem um novo nome na mira para o ataque. Segundo informação publicada pelo site 'Globoesporte' e confirmada pela reportagem do UOL Esporte, Diego Souza, do Sport, se tornou o grande desejo da comissão técnica de Cuca para reforçar o elenco para o segundo semestre.

O nome de Diego Souza, campeão paulista com a camisa alviverde em 2008, possui a aprovação de Cuca e da comissão técnica, que olha para o experiente atleta como uma alternativa para atuar como referência no ataque; no caso, um 'falso 9'.

Inclusive, o treinador indicou o camisa 87 do Sport na semana passada, e o Palmeiras já iniciou conversas nos bastidores para viabilizar o negócio. Diego Souza atuou em cinco jogos neste Campeonato Brasileiro, número que permite a transferência para outro time do país.

O UOL Esporte procurou o clube alviverde, que manteve a posição de não comentar qualquer interesse ou negociação de jogadores. O empresário Eduardo Uram, responsável por gerenciar a carreira do atacante de 32 anos, não retornou aos chamados até a publicação desta reportagem.

Diego Souza possui um passado atribulado na Academia de Futebol. Apesar do título paulista de 2008 sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, atual técnico do atacante no Sport, o jogador deixou o clube alviverde no ano de 2010 de maneira conturbada.

Criticado por torcedores ao ser substituído na partida contra o Atlético-GO, válido pela Copa do Brasil daquele ano, Diego Souza respondeu de forma agressiva aos xingamentos e chegou até a mostrar o dedo médio ao público no antigo Palestra Itália.

A partir deste caso, Diego Souza acabou afastado do elenco e negociado posteriormente com o Atlético-MG, clube no qual atuou por pouco mais de seis meses. O atacante de 32 anos defende o Sport desde o ano passado e hoje faz parte do grupo de Tite na seleção brasileira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos