Gómez diz encarar com naturalidade pressão no SP e Arboleda elogia equipe

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

O São Paulo apresentou nesta terça-feira, no CT da Barra Funda, os seus novos reforços. O zagueiro equatoriano Robert Arboleda e o meio campista  argentino Jonathan Gómez vestiram a camisa tricolor e concederam entrevista coletiva. Apesar de a equipe somar apenas 11 pontos e de ocupar a 16ª posição na tabela de classificação, apenas um posto à frente da zona do rebaixamento do Brasileiro, os estrangeiros se mostraram confiantes com a recuperação do time.

"Já tive situações de pressão, porque na Argentina também é assim. Estreei no Rosario Central com 17 anos e era muito forte. Para sair, comentávamos há pouco, é ganhar uma partida e retomar a confiança. Uma vitória retoma isso. Qualidade tem, há grandes jogadores aqui. Se ganhamos, a torcida se acalma e a gente toma confiança", disse Gómez.

O defensor, por sua vez, fez questão de destacar a qualidade do elenco tricolor e do treinador Rogério Ceni. "Não tivemos a sorte de falar muito ainda, até pelo jogo que já estava em cima quando chegamos. Hoje (terça-feira) é que estaremos mais perto do grupo, que é muito forte e vai seguir adiante por grandes coisas. Pelo pouco que conheço, professor é muito grande aqui e sabe muito de futebol. Por má sorte, não estamos em um bom momento, mas vamos conseguir coisas grandes com ele", afirmou Arboleda. 

O defensor assinou vínculo até junho de 2021 com o clube, aguarda que a sua documentação seja regularizada para ficar à disposição de Ceni. Aos 25 anos, o equatoriano estava na Universidad Catolica de Quito, que vendeu 80% dos direitos econômicos do defensor por 2 milhões de dólares (R$ 6,6 milhões). Seu último jogo na equipe anterior foi na quarta-feira (21), em goleada por 4 a 0 sobre o River Plate do Equador. Arboleda marcou o terceiro gol de seu time, em belo peixinho, e foi substituído para ser saudado pela torcida antes de se despedir.

"Tenho essa qualidade de fazer muitos gols de cabeça, de pênalti e fico contente com isso. Durante os jogos, quero fazer isso da melhor maneira para dar alegria a todos, à torcida e aos companheiros. A adaptação passa pelos jogos, pelas chances de atuar, pelos treinos. Fisicamente estou muito bem, vinha jogando tranquilamente, sem nenhum tipo de problema. Estou à disposição do técnico", disse Arboleda.


Gómez, que estava no Santa Fé, da Colômbia, assinou contrato de três temporadas com o São Paulo. O argentino não vê problemas em atuar ao lado de Cueva no meio de campo tricolor. "Na verdade, tenho jogado mais recuado, no meio de campo. Posso me acostumar a jogar com ele, ao lado dele ou mais atrás. Não tem nenhum problema", disse o argentino, que também aguarda a regularização de sua documentação para ficar à disposição de Ceni.


"Adaptação vem com as partidas, com os treinos e o convívio com os companheiros, como cada um joga. Vem com o decorrer dos dias. Fisicamente estou perfeito, à disposição do técnico."

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos