Com venda de Maicon, SP só cogita negociar Rodrigo Caio por R$ 51,5 milhões

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • NEWTON MENEZES/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Rodrigo Caio está em alta no mercado internacional, mas SP fará jogo duro para vendê-lo

    Rodrigo Caio está em alta no mercado internacional, mas SP fará jogo duro para vendê-lo

A venda de Maicon para o Galatasaray-TUR e a provável saída de Lucão fizeram o São Paulo mudar seus planos. Antes, Rodrigo Caio era visto como a principal esperança para o clube reforçar o seu caixa nesta janela de transferência. Agora, porém, segundo integrantes do departamento de futebol, serão necessários pelo menos 14 milhões de euros (R$ 51,5 milhões) para que o clube comece a conversar pelo zagueiro.

Convocado para a seleção brasileira de Tite e titular na campanha do ouro olímpico em 2016, Rodrigo Caio é um dos jogadores mais valiosos do elenco tricolor. Até agora, o defensor já despertou o interesse da Lazio-ITA, que ainda não fez uma proposta oficial. O clube europeu também sondou o zagueiro paraguaio Balbuena, do Corinthians.

Além estar na mira das equipes estrangeiras, o jogador é visto como um líder dentro do elenco. Por outro lado, Rogério Ceni destacou para a diretoria a importância de manter o defensor. Sem Maicon e Lucão, o treinador conta com o equatoriano recém-contratado Arboleda, Militão, Douglas e Lugano para o setor. Ainda no início do ano, quando assumiu o time, o ex-goleiro já havia conversado com os dirigentes e o próprio jogador sobre a possibilidade de ele se valorizar ainda mais ao ficar no São Paulo. 

Apesar de ter o sonho de atuar um dia na Europa, o zagueiro não cogita trocar o Tricolor por uma equipe de porte mediano. O jogador tem como meta se manter no radar de Tite para disputar a Copa do Mundo da Rússia. Por isso mesmo, descartou no início do ano, por exemplo, ofertas de clubes de menor expressão do Velho Mundo. 

Já o São Paulo viu diminuir a necessidade de vender jogadores nesta janela de transferência. O clube vai receber 7 milhões de euros, com possibilidade de ganhar mais 1 milhão de euros de bônus por metas, na negociação de Maicon, além de outros 8 milhões de euros com a saída do atacante Luiz Araújo para o Lille, da França.

Bateu na trave

Essa não é a primeira vez que Rodrigo Caio tem a possibilidade de jogar na Europa. Em 2015, o zagueiro ficou muito perto de assinar a sua transferência para o Valencia. O zagueiro também era considerado como a aposta para a redução da dívidas do Tricolor e até viajou para a Espanha para definir as bases do acordo. No entanto, não chegou a um acerto.

O clube, na época, ainda tentou fechar um empréstimo com o Atlético de Madrid. O jogador não gostou da maneira como a negociação foi conduzida e preferiu voltar para o São Paulo. Nesta temporada, após muita conversa, ele acertou a renovação de seu contrato com o São Paulo até 2021. Com a assinatura, recebeu um aumento salarial e viu o valor da sua multa rescisória subir. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos