Em reunião no Conselho, diretor se queixou de descompromissados no SP

José Eduardo Martins e Ricardo Perrone

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Chiri / saopaulofc.net

    Diretor executivo de futebol durante a apresentação de reforços

    Diretor executivo de futebol durante a apresentação de reforços

Com apenas 11 pontos conquistados em dez partidas, o São Paulo não desagrada apenas os torcedores neste início de Campeonato Brasileiro. Em reunião do Conselho Deliberativo realizada na segunda-feira (27), o diretor executivo de futebol, Vinícius Pinotti, queixou-se de jogadores descompromissados no elenco tricolor.

De acordo com o relato de oito conselheiros ouvidos pela reportagem, o dirigente citou o caso do zagueiro Maicon como exemplo. Como mostrou o UOL Esporte nesta terça, na coluna De Primeira, o zagueiro apresentou-se acima do peso no início desta temporada e estava desagradando pelo comportamento antes de ser negociado com o Galatasaray, da Turquia, por 7 milhões de euros (R$ 25,9 milhões), com a possibilidade de o São Paulo receber mais 1 milhão de euros (R$ 3,7 milhões) de bônus por produtividade. No bate-papo com os conselheiros, Pinotti acrescentou que ainda há integrantes do elenco que não estão mostrando compromisso com o clube.

Ainda de acordo com o dirigente, é possível que mais jogadores sejam negociados nessa janela de transferência, sendo a intenção contar com quem esteja 100% dedicado ao clube, como seriam os casos de Lucas Pratto, Rodrigo Caio e Jucilei. Na reunião, o clima era de união entre os conselheiros. Mesmo os integrantes da oposição se mostraram dispostos a colaborar com Pinotti e enalteceram a postura e o empenho do dirigente.

De acordo com pessoas próximas ao diretor, parte da insatisfação de Pinotti é com Cueva e Cícero. Na reunião, o diretor apenas citou o meia peruano por conta da queda de rendimento após a lesão sofrida em partida pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, entre Peru e Uruguai, no dia 28 de março - ele não teria recuperado totalmente a sua condição física desde então. Entre os conselheiros, a reclamação também é de que o jogador não apresenta boa forma física e que estaria 3 kg acima do peso ideal.

Outro lado

Procurado pela reportagem, Pinotti confirmou que não quer contar com jogadores descompromissados com o São Paulo, mas disse não ter citado o nome de integrantes do atual elenco durante a conversa com os conselheiros. Para pessoas próximas, o meia Cícero reconheceu que ele e a equipe poderiam ter rendido mais neste início de Campeonato Brasileiro. Porém, ressalta que ele estava em campo em dez dos 11 pontos conquistados pelo time no nacional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos