Meia do Bayern é detido e será julgado por violência doméstica, diz rádio

Do UOL, em São Paulo

  • Franck Fife/AFP

    Kingsley Coman, do Bayern de Munique, também defende a seleção francesa

    Kingsley Coman, do Bayern de Munique, também defende a seleção francesa

De acordo com reportagem da rádio francesa "Europe 1", Kingsley Coman, jogador do Bayern de Munique, será julgado por violência doméstica. O meia-atacante de 21 anos de idade foi detido e ouvido nessa segunda-feira (26) pela polícia de Seine-et-Marne para falar sobre o caso.

Coman foi levado em custódia e interrogado de acordo com promotor local. O caso de violência doméstica diz respeito à sua ex-namorada.

Recentemente, Coman teve duas discussões acaloradas com a ex-namorada. Os dois vivem separação conflituosa e teriam se desentendido no sábado e na segunda-feira. Na segunda ocasião, a mulher resolveu chamar a polícia, o que levou o jogador a ser detido.

Após horas de audição, Coman confessou a violência. Ele foi liberado e será julgado em setembro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos