Cristiano Ronaldo é liberado da Copa das Confederações para conhecer filhos

Do UOL, em São Paulo

  • Pavel Golovkin/AP

    Jogador participou da derrota nos pênaltis para o Chile

    Jogador participou da derrota nos pênaltis para o Chile

Cristiano Ronaldo foi liberado para conhecer seus novos filhos, informou nesta quarta-feira (28) a Federação Portuguesa de Futebol. O craque da seleção do país participou de todos os minutos da semifinal da Copa das Confederações contra o Chile, vencida pelos sul-americanos nos pênaltis.

Portugal ainda tem um compromisso pela competição: a disputa do terceiro lugar. No entanto, o camisa 7 recebeu autorização do presidente da federação e do técnico Fernando Santos para não participar do jogo da seleção portuguesa.

O jogador de 32 anos também se manifestou pelo Facebook agradecendo a liberação e confirmou a paternidade de duas crianças, fato que era especulado por veículos europeus há dias. Ele seria pai de gêmeos, batizados de Mateo e Eva.

Cristiano Ronaldo terminou a Copa das Confederações como o artilheiro de Portugal, com dois gols marcados. Ele chegou às semifinais como goleador da competição, empatado com Lars Stindl e Timo Werner, ambos da Alemanha.

Confira a íntegra do comunicado da federação:

O Presidente da FPF e o Selecionador Nacional foram informados antes da Taça das Confederações pelo capitão da Seleção Nacional, Cristiano Ronaldo, que este tinha sido pai.

O atleta, apesar do nascimento dos filhos, fez questão de ficar ao serviço da Seleção Nacional, num gesto que devemos sublinhar e enaltecer.

O Presidente da FPF e o Selecionador Nacional entendem que, na impossibilidade de chegar ao objetivo de vencer a Taça das Confederações, devem libertar o atleta para que este possa, finalmente, ir conhecer os seus filhos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos