Polícia francesa volta a visitar sede do PSG em investigação fiscal

Do UOL, em São Paulo

  • Francois Mori/AP Photo

    Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG

    Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG

A sede do Paris Saint-Germain foi alvo de uma batida policial nesta quinta-feira (29), em uma ação a pedido do órgão responsável pela coleta de impostos na França. De acordo com informações da agência de notícias Associated Press, a polícia fez buscas pelo local por cerca de uma hora.

A investigação teria como alvo diversas empreiteiras ligadas ao clube francês. Questionada pela AP, a URSSAF, agência francesa responsável pela coleta de impostos, não respondeu.

Em maio deste ano, a polícia francesa foi à sede do clube francês e às residências dos argentinos Ángel Di María e Javier Pastore para investigar um caso de fraude fiscal aberto em dezembro.

O caso policial tem origem nos documentos do Football Leaks, que denunciavam jogadores sul-americanos que enviaram receitas publicitárias de direitos de imagem a paraísos fiscais no Panamá ou nas Ilhas Virgens Britânicas – entre eles, a dupla argentina do PSG.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos